Disciplinas de Graduação em Outros Cursos da UFRJ

Código Disciplina

Disciplina: NEUROBIOLOGIA                                                        Código: BMW – 010

Período da Disciplina: 1º período

Carga Horária Total: 90 (noventa) horas

Carga Horária Semestral: 04T (60 horas) 01P (30 horas)

Nº de Créditos:  05(cinco)

Duração do Curso:

Curso para a qual é oferecida: FONOAUDIOLOGIA

Tipo da disciplina: OBRIGATÓRIA

Pré-Requisitos: Não há

EMENTA:

Organização morfofuncional do Sistema Nervoso. Organogênese do Sistema Nervoso. Abordagem funcionais, anatômicas e histológicas dos sistemas sensoriais, motor e autonômico. Linguagem e especialização hemisférica. Memória. Ritmos biológicos. Canais iônicos. Bioeletrogênese. Sinapses e receptores de neurotransmissores. Sistema sensorial, motor e autônomo.

OBJETIVOS:

Objetivo. Prover o aluno de conhecimento do sistema nervoso sob ponto de vista anatômico, histológico e funcional e suas interligações. Ensinar funções do sistema nervoso a partir do conhecimento concomitante da sua anatomia e histologia.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     Fisiologia. Robert Berne & Mattheu Levy, Ed Guanabara Koogan, 3a edição, 1995.

2.     Fundamentos da Neurociências e do comportamento. PHB (Prentece-Hall do Brasila). Kandel, Schwartz, Jessel., 1997.

 

Disciplina: BASES BIOLÓGICAS DA FISIOTERAPIA                   Código: BMW – 013

Período da Disciplina: 1º período

Carga Horária Semestral:  7T (105 horas) 2P (60 horas)

Carga Horária Total: 165 (cento e sessenta e cinco) horas

Nº de Créditos: 09 (nove)

Duração do Curso:

Curso para a qual é oferecida: FISIOTERAPIA

Tipo da disciplina: OBRIGATÓRIA

Pré-Requisitos: Não há.

EMENTA:

Objetivo. Organização morfo-funcional dos sistemas Cardiovascular e Respiratório. O  coração e os vasos: princípios de seu funcionamento e regulação. Regulação integrada da circulação. Vias aéreas e pulmões: princípios de seu funcionamento. Regulação da ventilação pulmonar. Papel homeostático da circulação e da respiração.

OBJETIVOS:

Objetivo. Iniciar o aluno no estudo dos sistemas orgânicos sob o enfoque da Anatomia, Histologia, Bioquímica e Fisiologia.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     1. Fisiologia. Robert Berne & Mattheu Levy, Ed Guanabara, 3a edição, 1997.

2.     2. Fisiologia. Margarida de Mello Aires, Ed. Guanabara, 1991.

3.     Tratado de Fisiologia Médica. Arthur Guyton, Ed. Guanabara, 9a edição, 1997.

Disciplina: BASES MORFOLÓGICAS DOS SISTEMAS SENSORIAIS      Código: BMW – 021

Período da Disciplina: 2º período

Carga Horária Total: 90 (noventa) horas

Carga Horária Semestral: 02T (30 horas) 02P (60 horas)

Nº de Créditos:  04(quatro)

Duração do Curso:

Curso para a qual é oferecida: FONOAUDIOLOGIA

Tipo da disciplina: OBRIGATÓRIA

Pré-Requisitos: MORFOLOGIA BÁSICA BMW-012

                        NEUROBIOLOGIA BMW-010

Docente Responsável e colaboradores:  Alfred Sholl

EMENTA:

Histologia, Anatomia e Fisiologia visual, auditiva, vestibular, olfativa e gustativa.

 OBJETIVOS:

Aprofundar o conhecimento morfo-funcional dos diversos sistemas sensoriais. Particularmente, aprofundar os conhecimentos macro e microscópicos bem como da fisiologia das estruturas relacionadas à visão, audição, sentidos químicos (olfato e paladar) e do sistema vestibular.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     Fisiologia. Robert Berne & Mattheu Levy, Ed Guanabara Koogan, 1996.

2.     Fundamentos da Neurociências e do comportamento. Kandel, Schwartz, Jessel, T. Elsevier, 1997.

Disciplina:  P.C.I. SISTEMA NEUROLOCOMOTOR                 Código: BMW – 023  

Período da Disciplina: 2º período

Carga Horária Total:148 (cento e quarenta e oito) horas

Carga Horária Semestral: T (118 h), P (30h).

Nº de Créditos: 06

Duração do Curso: 17 semanas

Curso para a qual é oferecida: FISIOTERAPIA

Tipo da disciplina: OBRIGATÓRIA

Pré-Requisitos: Bases Biológicas da Fisioterapia- BMW 011

Docente Responsável: Daniela Uziel

EMENTA:

Estrutura macro e microscópica do sistema Nervoso. A excitação neuronal e o Potencial de Ação. Organização morfológica e funcional da Sinapse. Estudo dos sistemas somestésico e vestibular. Organização funcional dos sistemas motores. Estudo da Via Reflexa. Vias de ajuste postural, controle do movimento, efeito de lesões centrais e periféricas sobre o a percepção sensorial e o movimento. Organização morfológica do Sistema Nervoso Autônomo e seu funcionamento. O papel integrador do Hipotálamo e sua importância na homeostase. Sistema límbico.

OBJETIVOS:

Estrutura macro e microscópica do sistema Nervoso. A excitação neuronal e o Potencial de Ação. Organização morfológica e funcional da Sinapse. Estudo dos sistemas somestésico e vestibular. Organização funcional dos sistemas motores. Estudo da Via Reflexa. Vias de ajuste postural, controle do movimento, efeito de lesões centrais e periféricas sobre o a percepção sensorial e o movimento. Organização morfológica do Sistema Nervoso Autônomo e seu funcionamento. O papel integrador do Hipotálamo e sua importância na homeostase. Sistema límbico.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     Embriologia Humana, Larsen, 4a edição.

2.     Embriologia Humana e Biologia do Desenvolvimento, Bruce Carlson, 5a edição.

3.     Bear, M.F.; Connors, B.W. e Paradiso, M.A. (2002). Neurociências – Desvendando o Sistema Nervoso. 2a Edição. Rio Grande do Sul: Ed. ArtMed.

4.     Purves, D.; Augustine, G.J.; Fitzpatrick, D.; Katz, L.C.; LaMantia, A.-S. e McNamara, J.O. (2005). Neurosciências. 2ª  Edição. Porto Alegre: Artmed Editora.

5.     Martinez, Allodi, Uziel. Neuroanatomia Essencial, GEN, 1ª ed., 2014

6.     Junqueira, L. C., Carneiro, J. Histologia básica. Ed. Guanabara Koogan

7.     Kierszenbaum , A. L. Histologia e Biologia Celular – Uma Introdução a Patologia. Ed. Elsevier

8.     Gartner, L. Tratado de Histologia em cores. Ed. Elsevier

9.     Gartner,L.; Hiatt, J., L. Atlas colorido de Histologia. Ed. Guanabara Koogan

10.   Ross, M. & Rowell, L. Histologia: Texto e Atlas. Ed. Panamericana.

Disciplina: BASES MORFOLÓGICAS DO APARELHO FONOARTICULAR         Código: BMW – 024

Período da Disciplina: 2º período

Carga Horária Total: 90 (noventa) horas

Carga Horária Semestral: 02T (30 horas) 02P (60 horas)

Nº de Créditos:  04 (quatro)

Duração do Curso:

Curso para a qual é oferecida: FONOAUDIOLOGIA

Tipo da disciplina: OBRIGATÓRIA

EMENTA:

Mecânica da ventilação pulmonar, circulação pulmonar, princípios físicos das trocas gasosas, transporte de oxigênio e gás carbônico no sangue e fluido corporais, regulação da respiração e insuficiência respiratória.

OBJETIVOS:

Entender o mecanismo básico de funcionamento do sistema respiratório , bem como compreender  a  estreita relação do pulmão com o funcionamento de  outros órgãos vitais como coração, cérebro, sistema muscular , entre outros.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     Medical Physiology – Guyton –  Ed. Guanabara

2.     Anatomy na Physiology – for Speech, language, and Hearing – Seikel, King and Drumright. Singular Publishing Group, Inc. San Diego-London

Disciplina: GENÉTICA BÁSICA E BIOLOGIA MOLECULAR      Código: BMW-119

Período da disciplina: 1o período

Carga horária total: 130 horas

Número de créditos: 04 (quatro)

Curso para a qual é oferecida:  BIOMEDICINA

Tipo da disciplina: Obrigatória

Pré-requisitos: Não há

Docente responsável: Turan Peter Urmenyi

EMENTA:

Fundamentos de genética. Gametogênese. Síntese de ácidos nucleicos. Código genético e síntese de proteínas e sua regulação da expressão gênica. Oncogeneses e cancer. Metodologia de DNA recombinantes. Genômica.

 OBJETIVOS:

Adquirir os conceitos da informação genética com base nas questões e nos experimentos que os geram na época. Diferenciar Biologia Molecular, da metodologia de DNA recombinante, empregada para responder questões formuladas pela Biologia Molecular. Oferecer as técnicas principais de estudo da identificação, estrutura e função gênica.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     LODISH, Harvey et al. Molecular cell biology. New York: WH Freeman, 1995.

2.     ALBERTS, B. et al. Molecular Biology of the Cell; Garland, New York, 1994

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR:

III. BIBLIOGRAFIA

1.     BAKER, Tania A. et al. Molecular biology of the gene. Benjamin-Cummings Publishing Company, 2003.

2.     LEWIN, Benjamin; DOVER, Gabby. Genes v. Oxford: Oxford University Press, 1994.

3.     NELSON, David L.; LEHNINGER, Albert L.; COX, Michael M. Lehninger principles of biochemistry. Macmillan, 2008.

4.     BERG, Jeremy Mark; STRYER, Lubert; TYMOCZKO, John L. Bioquímica. Reverté, 2007.

Disciplina: Técnicas Básicas em Laboratório                         Código: BMW – 120

Período da Disciplina:   1º período

Carga Horária Total: 45 (quarenta e cinco) horas

Carga Horária Semestral:  1T (15 horas) 2P (30 horas)

Nº de Créditos: 02 (dois)

Duração do Curso: 16 semanas

Curso para a qual é oferecida: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS – MODALIDADE MÉDICA

Tipo da disciplina: OBRIGATÓRIA

Pré-Requisitos: Não há.

Docente Responsável e colaboradores:  Jennifer Lowe (Responsável)

EMENTA:

Práticas de espectrofotometria, cromatografia, eletroforese, pesagem e preparo de soluções, e tampões, cintilação líquida, diálise entre outras

 OBJETIVOS:

O objetivo principal deste curso será a introdução às técnicas experimentais de uso rotineiro em laboratórios de pesquisa, bem como noções de biossegurança, e uso de animais em laboratório.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRA

1.     Biofísica Básica – Ibrahim Felippe Henrie – Ed. Atheneu

2.     Principios de Bioquímica – Lehninger

3.     Biofísica – Eduardo A. C. Garcia – Ed. Sarvier

Disciplina: P.C.I. DO SISTEMA NERVOSO                                     Código: BMW – 121

Período da Disciplina:   2º período

Carga Horária Total: 225 (duzentas e vinte e cinco) horas

Carga Horária Semestral:  7T (105 horas) 4P (120 horas)

Nº de Créditos: 11 (onze)

Duração do Curso: 11 semanas

Curso para a qual é oferecida: MEDICINA

Tipo da disciplina: OBRIGATÓRIA

Pré-Requisitos: HISTOLOGIA E EMBRIOLOGIA BÁSICA (BMW-100)

                             P.C.I. ANATOMIA BÁSICA (BMW-111)                                  

EMENTA:

Introdução geral ao Sistema Nervoso. Gênese e transmissão de sinais Neurais. Macro e micro-ambiente do Sistema Nervoso. Sistemas sensoriais. Sistemas Motores somáticos. Sistemas Homeostáticos. Sistemas neuropsicológicos complexos.

OBJETIVOS:

Compreender os principais métodos de estudo do sistema nervoso, analisar as bases morfofuncionais da atividade nervosa e as atividades neurais integradas nos diferentes níveis do neuro-eixo e sua interação com as estruturas periféricas.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA (Referente ao bloco de  Neurofisiologia).

1.     Principles of neural science, e. r. kandel and cols – 3rd Edition, Elsevier, 1992.

2.     Essentials of neural science and behavior, E.R. KANDEL AND COLS – 1st Edition, Aplleton-Lange, 1995.

3.     Neuroscience, DALE PURVES AND COLS – 1st Edition, 1997.

4.     Neuroscience: EXPLORING THE BRAIN, M. BEAR, B. CONNORS AND M. PARADISO, 1st Edition, 1996.



Disciplina: P.C.I. DO SISTEMA CARDIOVASCULAR E RESPIRATÓRIO         Código: BMW – 122

Período da Disciplina:   2º período

Carga Horária Total: 225 (duzentas e vinte e cinco) horas

Carga Horária Semestral:  7T (105 horas) 4P (120 horas)

Nº de Créditos: 11 (onze)

Curso para a qual é oferecida: MEDICINA

Tipo da disciplina: OBRIGATÓRIA

Pré-Requisitos: HISTOLOGIA E EMBRIOLOGIA BÁSICA (BMW-100)

                        BIOFÍSICA MI (BMB-160);

Docente Responsável: Cristiane Del Corsso

EMENTA:

Objetivo.

·      Sistema Circulatório

Embriogenese e desenvolvimento pré e pós-natal. Anatomia macro, meso e microscópica do sistema circulatório. Bioquímica do sangue. Hemostasia. Eletrofisiologia cardíaca e eletrocardiograma. Mecânica do coração e regulação do débito. Fisiologia das circulações dos principais territórios corporais. Regulação da pressão arterial. Regulação integrada da Circulação.

·      Sistema respiratório

 Embriogenese e desenvolvimento pré e pós-natal. Anatomia macro, meso e microscópica do sistema respiratório. Mecânica ventilatória. Espirametria. Difusão alvéolo-capilar dos gases respiratórios e transporte sanguíneo. Ventilação, circulação pulmonar e relação ventilação/perfusão. Controle da Ventilação. Regulação respiratória do equilíbrio ácido-base. Mecanismos de defesa pulmonar.

OBJETIVOS:

Familiarização com os principais métodos de estudo dos sistemas circulatório e respiratório; Interpretar e avaliar os resultados das provas funcionais básicas dos sistemas circulatórios e respiratórios; Analisar, através do raciocínio fisiológico, as consequêcias dos principais distúrbios morfofuncionais da circulação e dos pulmões; Solucionar problemas que integrem o conhecimento morfofuncional dos sistemas circulatório e respiratório.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

·       Anatomia

1.     Gardner, E; Gray, DJ & O’Rahylly, R. Anatomia. Ed. Guanabara Koogan. 4. ed.,1978.

2.     Gross, CM & Gray, H. Anatomia. Ed. Guanabara Koogan. 29. Ed., 1977.

3.     Netter, FH. Ilustrações Médicas, Vol. 5, Coração. Ed. Guanabara Koogan. 1 ed.,1977.

4.     Sobotta, I & Becher, H. Atlas de Anatomia Humana. Ed. Guanabara Koogan. 18. ed., 1984.

5.     Wolf-Heidegger, G. Atlas de Anatomia Humana. Ed. Guanabara Koogan. 4a. ed., 1981.

·       Histologia e Embriologia

1.     Ross, M Histology: Text and  Atlas.  Ed. Williams & Wilkins 3. ed., 1995

2.     Moore, KL; Persaud, TVN. The Developing Human. Ed. WB Saunders. 6. ed., 1998.

3.     Weiss, L; Greep, RO. Histology. Ed. McGraw-Hill. 4.ed., 1977.

4.     Bloom, W; Fawcett, DW. A Textbook of Histology. Ed. WB Saunders. 4. ed., 1991.

5.     Junqueira, LC; Carneiro, J. Histologia Básica. Ed. Guanabara Koogan. 9.ed., 1999.

6.     Stevens, A; Lowe, J. Human Histology. Ed. Mosby. 2.ed., 1997.

7.     Carlson, BM. Embriologia Humana e Biologia do Desenvolvimento. Ed. Guanabara Koogan. 1996.

8.     Wolpert, L; Beddington, R; Brockes, J; Jessell, T; Lawrence, P; Meyerowitz, E. Principles of Development. Ed. Oxford university Press. 1998.

9.     Sadler, TW. Langman’s Medical Embriology. Ed. Williams & Wilkins. 7.ed., 1995.

10.   Gartner, LP; Hiatt, JL. Collor Textbook of Histology. Ed. WB Saunders, 1997.

·       Bioquímica

1.     Smith, E et al. Bioquímica – Mamíferos. Ed. Guanabara Koogan, 7. Ed., 1985.

2.     Stryer, L. Bioquímica. 3. Ed. Ed. Guanabara Koogan, 1992.

3.     Rapaport, SI. Hematologia – Introdução, 2. Ed. Ed. Roca, 1990.

4.     Haley Pacheco. Hematologia Clínica, 1985.

5.     Erslev, AJ & Gabuzda, TG. Patophysiology of blood. 2. Ed. Ed. W.B. Saunders, 1975.

6.     Bhagavan, NV. Bioquímica. Ed. Interamericana, 1974.

·       Fisiologia

1.     Aires, M. Fisiologia. Ed. Guanabara Koogan. 2.ed., 1999.

2.     Berne RM & Levy, MN. Fisiologia. Ed. Guanabara. 3. ed., 1996.

3.     Berne RM & Levy, MN. Physiology. Mosby. 3. ed., 1993.

4.     Guyton, AC. Tratado de Fisiologia Médica. Ed. Guanabara,. 9.ed., 1998.

5.     Wets, JB. Fisiologia Respiratória Moderna. Ed. Manole. 5.ed., 1996.

6.     Paes de Carvalho, A & Fonseca da Costa, A. Circulação e Respiração – Fundamentos de Biofísica e Fisiologia. Ed. Cultura Médica, 3.ed., 1979.

7.     Tavares, P. Atualização em Fisiologia, Respiração. Ed. Cultura Médica. 1.ed., 1991.

8.     Katz, AM. Physiology of the heart. Raven Press, 2.ed. 1992.

9.     West, JB & Taylor’s Physiological Basis of Medical Practice. 12. ed. Ed. Williams & Wilkins, 1991.

10.   Paton, HD; Fuchs, AF; Hille, B; Scher, AM & Steiner, R. Textbook of Physiology.

11.   Ed. W.B. Saunders. 21.ed., 1989.

12.   Comroe, JH. Fisiologia da respiração. Ed. Guanabara Koogan, 2.ed. 1977.

13.   Mountcastle, VB. Medical Physiology. Ed. Mosby, 14.ed. 1979.

14.   Opie, LH. The Heart. Physiology from Cell to Circulation. Ed. Lippincott-Raven. 3.ed., 1998.

15.    Nunn, JF. Applied respiratory physiology. Ed. Butterworths, 3. ed. 1987

Disciplina:  TÓPICOS BÁSICOS EM BACTEROLOGIA E VIROLOGIA                 Código: BMW-132

Período da disciplina:  1º

Carga horária total: 120 horas

Número de créditos: 06 (seis)

Duração do Curso:  01 semestre

Curso para a qual é oferecida:  BIOMEDICINA

Tipo da disciplina: Obrigatória

Pré-requisitos:  BMW 118 – Bioquímica de macromoléculas,

                            BMW 119 – Genética básica e biologia molecular.

                            BMW 124 –  Bases estruturais da matéria viva

Docente responsável: Clarissa Damaso                                           

OBJETIVOS:

Bacteriologia é um curso fundamental para muitas outras sub-disciplinas da Microbiologia,  incluindo, micologia (fungos), virologia, imunologia, microbiologia médica, microbiologia industrial e de alimentos. Um maior conhecimento da biologia de bactérias tem permitido grandes avanços não só na medicina (na diagnose,  terapia e prevenção de doenças de origem bacteriana que afligem animais e plantas) mas, também nas ciências do alimento, na agricultura e no entendimento dos processos bio-geoquímicos que ocorrem na biosfera. Além disto, bactérias tem sido usadas como modelos experimentais nos estudos mais significantes já feitos em áreas básicas das ciências biológicas, tais como genética, biologia molecaular, bioquímica e fisiologia .

A proposta do curso é dar uma visão geral da Bacteriologia, para  que o estudante possa entender a importância  das bactérias para outras áreas das ciências biológicas, para a saúde pública, para a sociedade e para o meio ambiente.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     Os tópicos discutidos serão disponibilizados em notas de aula ou leituras complementares que estarão disponibilizadas na internet. É importante para o aluno ter uma boa noção de inglês, visto que boa parte da bibliografia encontra-se disponível nesta língua.

Disciplina:       P.C.I. DO SISTEMA URINÁRIO                              Código: BMW – 231

Período da Disciplina:   3º período                               

Carga Horária Total: 150 (cento e cinquenta) horas

Carga Horária Semestral:  2T (30 horas) 4P (120 horas)

Nº de Créditos: 06 (seis)

Curso para a qual é oferecida: MEDICINA

Tipo da disciplina: OBRIGATÓRIA

Pré-Requisitos: HISTOLOGIA E EMBRIOLOGIA BÁSICA (BMW-100)

                           BIOQUÍMICA MI (BMQ-140);

                           BIOFÍSICA MI (BMB-160)

Docente Responsável: Marcelo Einicker

EMENTA:

Embriogênese, Anatomia macro, meso e microscópica do sistema urinário. Fisiologia renal. Bioquímica renal.

OBJETIVOS:

Familiarização dos métodos de estudo do sistema urinário; Analisar, em bases morfofuncionais, o papel desempenhado pelos rins como órgão excretor e regulador; Analisar o papel dos rins na regulação do volume e da osmolaridade plasmótica, na regulação da pressão arterial e na regulação do equilíbrio ácido-básico do meio interno; Analisar as provas funcionais do sistema urinário; Desenvolver o raciocínio fisiológico a partir das disfunções do sistema urinário.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR:

III. BIBLIOGRAFIA

Disciplina:       P.C.I. DO SISTEMA DIGESTIVO                            Código: BMW – 232

Período da Disciplina:   3º período                               

Carga Horária Total: 150 (cento e cinqüenta) horas

Carga Horária Semestral:  2T (30 horas) 4P (120 horas)

Nº de Créditos: 06 (seis)

Curso para a qual é oferecida: MEDICINA

Tipo da disciplina: OBRIGATÓRIA

Pré-Requisitos: HISTOLOGIA E EMBRIOLOGIA BÁSICA (BMW-100)

                            BIOQUÍMICA MI (BMQ-140)

Docente Responsável: Fani Rubinsztajn Mercante

EMENTA:

Embriogenese do sistema digestivo. Anatomia macroscópica e  mesoscópica do sistema digestivo. Anatomia microscópica e ultraestrutural do sistema digestivo. Motilidade do sistema digestivo. Digestão e absorção. Controle neuroendócrino das funções digestivas.

 OBJETIVOS:

Familiarização com os principais métodos de estudo do sistema digestivo; Analisar os aspectos morfofuncionais das estruturas do sistema digestivo; Relacionar as interações das funções digestivas com o metabolismo e manutenção do estado nutricional; Determinar os processos de formação do sistema digestivo, correlacionando-os aos possíveis desvios da normalidade, justificando as más formações congênitas; Analisar as técnicas que levam a identificar os órgãos do sistema digestivo e as funções que nele ocorrem.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     Pezzi, L. et al. Anatomia Clínica Baseada em Problemas. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2012.

2.     Moore, K L; DALLEY, A F. Anatomia orientada para a clínica. 7ª. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2014.

3.     Netter, F H. Atlas de anatomia humana. Porto Alegre: ARTMED, 2008.

4.     Sobotta, et al. atlas de anatomia humana. 23ª. Ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2012.

Disciplina:       P.C.I. DO SISTEMA ENDÓCRINO E REPRODUTOR       Código: BMW – 233

Período da Disciplina: 3º período

Carga Horária Total: 225 (duzentas e vinte e cinco) horas

Carga Horária Semestral:  3T (45 horas) 6P (180 horas)

Nº de Créditos: 09 (nove)

Duração do Curso:

Curso para a qual é oferecida: MEDICINA

Tipo da disciplina: OBRIGATÓRIA

Pré-Requisitos: HISTOLOGIA E EMBRIOLOGIA BÁSICA (BMW-100)

                           BIOQUÍMICA MI (BMB-140)

Docente Responsável e colaboradores: Georgia Correa Atella                                                  

EMENTA:

Objetivo.

OBJETIVOS:

Objetivo.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     Anatomia, Gray (Goss, CM), 29 ed., Ed. Guanabara Koogan, RJ, 1988.

2.     Atlas de Anatomia Humana, Wolf-Heideggerc & Köpf-Maier, 5 ed., Ed. Guanabara Koogan, RJ, 2000.

3.     Atlas de Anatomia Humana, McMinn, Ed. Manole, RJ, 2000.

4.     Atlas de Anatomia Humana, Netter, F., 5.ed. Rio de Janeiro, Elsevier, 2011

5.     Atlas de Anatomia Humana, Rohen & Yokochi, 4 ed., 1998.

6.     Gray’s Anatomia. 40. ed., Standring, S., Ed. Elsevier, RJ, 2009

7.     Principles of Biochemistry: Mammalian Biochemistry, Smith E.L. et al., MacGraw Hill, NY, 1983.

8.     Harpers – Murray et al., 22a ed., Norwalk Connecticut Appleton & Lange, 1990.

9.     Hormônios e Metabolismo: Integração e Correlações Clínicas Andrea Da Poian e Paulo Cesar de Carvalho-Alves, Atheneu

10.   Williams Textbook of Endocrinology, 12th ed., Philadelphia WB Saunders, 2011

11.   Fisiologia, Aires, MM (editor), 3a ed., Ed. Guanabara Koogan, RJ, 2008

12.   Phisiology, Berne & Levy, 5th ed., Mosby Year Book, 2004.

13.   A Texbook of Histology, Bloom & Fawcett, 12a ed., Ed. Guanabara Koogan, RJ, 2000.

14.   Embriologia Básica. Moore & Persaud, 6a ed., Elsevier, RJ, 2004.

15.   Human Embriology. Larsen. Churchill Livingstone, 1993.

16.   Developmental Biology, Werner A. Müller, Springer-Verlag, 1996.

17.   Color Textbook of Histology, Gartner L.P. and Hiatt J.R., W.B. Saunders Company, 2006

18.   Histologia e Biologia Celular: Uma Introdução à Patologia. Kierszenbaum, 3a ed., Guanabara Koogan, 2012

19.   Histologia. Genese, Guanabara Koogan, 2003

20.   Histologia. Conceitos Básicos dos Tecidos, Lycia de Brito Gitirana, Atheneu, 2007

21.   Histologia Básica. Junqueira e Carneiro, 11ª edição, Guanabara Koogan, 2008

Disciplina:       ATIVAÇÃO E FUNÇÃO CELULAR                        Código: BMW – 234

Período da Disciplina: 3º período

Carga Horária Total: 165 (cento e sessenta e cinco) horas

Carga Horária Semestral: 3T (45 horas) 4P (120 horas)

Nº de Créditos: 07 (sete)

Curso para a qual é oferecida: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS – MODALIDADE MÉDICA

Tipo da disciplina: OBRIGATÓRIA

Pré-Requisitos: BASES ESTRUTURAIS DA MATÉRIA VIVA (BMW-124)

Docente Responsável :Luciana Chiarini                                   

EMENTA:

Proliferação celular: divisão celular; controle do ciclo celular; recepção e transdução de sinais; fatores de crescimento; oncogenes e pro-oncogenes. Diferenciação celular: mecanismos e fatores de indução; interações permissivas e instrutivas; modelos de especialização celular. Degeneração e Morte celular: degeneração celular programada; apoptose e necrose; mecanismos de degeneração celular. Exemplos dos vários processos em células nervosas, musculares e endócrinas, linfócitos, macrófagos, células vegetais e parasitas unicelulares, destacando os mecanismos particulares de cada sistema.

OBJETIVOS:

Através de uma abordagem integrada, capacitar o aluno ao conhecimento dos mecanismos regulatórios que regem o comportamento celular (proliferação, maturação, diferenciação, degeneração e morte celular) Domínio de técnicas envolvidas  no estudo dos diversos processos celulares.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA.

Disciplina:       INTEGRAÇÃO BIOLÓGICA                                   Código: BMW – 244

Período da Disciplina: 4º período

Carga Horária Semestral:  6T (90 horas) 5P (150 horas)

Carga Horária Total: 240 (duzentos e quarenta) horas

Nº de Créditos: 11 (onze)

Curso para a qual é oferecida: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS – MODALIDADE MÉDICA

Tipo da disciplina: OBRIGATÓRIA

Có-Requisitos: INTERAÇÃO CELULAR BMW-235 

Pré-Requisitos: ANATOMIA HUMANA E ANTROPOLOGIA BIOLÓGICA BMW-125

EMENTA:

·      Neurofisiologia Geral

 Propriedades gerais dos neurônios, condução de impulsos nervosos, classificação funcional das fibras nervosas, transmissão sináptica: estrutura das sinapses, mecanismos de transmissão, mediadores químicos, características dos fenômenos de excitação e inibição sináptica. Plasticidade neural. Sistemas Sensoriais: Receptores, potencial gerador, adaptação. Sensibilidade somática. Sensibilidade dolorosa. Sensibilidade visual. Sensibilidade auditiva.

·      Sistemas Motores:

Fisiologia muscular: mecanismos de excitação e contração. Unidades motoras. Mecanismos responsáveis pela graduação da atividade muscular. Motricidade espinais. Características morfofuncionais dos fusos musculares e órgãos tendíneos de Golgi. Tônus muscular. Reflexos medulares. Regulação da postura e motricidade. Sistemas vestibulares. Áreas motoras corticais. Gânglios da base e cerebelo; características funcionais.

Sistema Nervoso Autônomo:

Organização anatômica, transmissão sináptica, efeitos da ativação simpática e parassimpática. Interações simpático-parassimpáticas. Níveis de ação. Atividade Nervosa Superior: Atividade eletrica cerebral, ciclo sono e vigília. Sistema reticular ativador. Sistema límbico: características anatômicas e funcionais. Aprendizado e memória. O modelo neuropsicológico de Lurea. Ritmos biológicos. Organização geral do sistema cardiovascular. Fisiologia Cardíaca. Características funcionais e excitabilidade do músculo cardíaco. O coração como bomba. Princípios gerais de hemodinâmica.

·      Sistema Circulatório

 Organização geral do sistema cardiovascular. Fisiologia Cardíaca. Características funcionais e excitabilidade do músculo cardíaco. O coração como bomba. Princípios gerais de hemodinâmica. Regulação do fluxo local de sangue nos vários tecidos periféricos. Regulação da pressão arterial. Regulação integrada da circulação.

·      Sistema Respiratório

organização morfofuncional do sistema respiratório. Estrutura e função das vias aéreas. Mecânica ventilatória; forças envolvidas no ciclo respiratório. Espirografia. Relação ventilação-perfusão. Transporte e difusão de gases: Transporte de O2, curvas de saturação da hemoglobina, transporte de CO2. Regulação da respiração.

·      Sistema Endócrino

Introdução ao Sistema Endócrino: componentes do sistema endócrino; hormônios: definição, mecanismos de ação e de controle da secreção; interação com outros sistemas de sinalização do organismo. Neuro-hormônios: hipotálamo e medula suprarrenal. Mecanismos de regulação hormonal e trofinas hipofisárias. Hormônios da tireóide: metabolismo, termogênese e maturação. Regulação endócrina do metabolismo do cálcio e do fósforo. Regulação endócrina do metabolismo hidrossalino. Regulação endócrina do metabolismo intermediário. Fisiologia endócrina da reprodução. Regulação endócrina do crescimento e desenvolvimento. Adaptação endócrina ao estresse.

·      Nutrição e metabolismo

 Digestão no estômago. Absorção intestinal de nutrientes. Regulação hormonal das funções digestivas. Sistemas hematopoético e linfoíde. Neuropeptídeos e hormônios produzidos por linfócitos ativados. Integração com o meio; o elemento diferente do “próprio”. Resposta não adaptativa: inflamação, célula fagocíticas, células NK, sistema complemento. Resposta adaptativa. Respostas primárias e secundárias. Respostas mediadas por células e mediadas por anticorpos. Mudanças celulares e moleculares. Rompimento do equilíbrio imunológico; a doença auto-imune. Falhas hematopoético e linfóide.

·      Integração entre os sistemas

 Regulação da temperatura, regulação da pressão arterial, regulação do débito cardíaco, ajuste da fisiologia durante o esforço, regulação do volume extracelular, regulação da tonicidade do meio interno, regulação do equilíbrio ácido-base, ajustes homeostáticos ao estresse, o sistema neuro-imune-endócrino. Influências do meio ambiente nos processos homeostáticos.

OBJETIVOS:

Capacitar o aluno a: entender a fisiologia dos principais órgãos e sistemas.; caracterizar o propósito e as estratégias dos principais mecanismos de controle fisiológico; analizar criticamente a interação entre os vários órgãos e sistemas; estabelecer a influência de variáveis ambientais sobre o funcionamento dos vários sistemas.

Disciplina: FUNDAMENTOS DE FÍSICA E BIOFÍSICA                 Código: CFB 110

Período da Disciplina: 2º período

Carga Horária Total: 70 horas

Nº de Créditos: 03 (três)

Duração do Curso: 22 semanas

Curso para a qual é oferecida: FISIOTERAPIA

Tipo da disciplina: OBRIGATÓRIA

Pré-Requisitos: Não há.

Docente Responsável: Francisco M. Bastos de Oliveira

EMENTA:

Conceitos básicos de termodinâmica, matéria, energia, força, pressão e biomecânica incluindo alavanca, torque e equilíbrio. Conceitos básicos de ondas e radiações aplicadas à fisioterapia.  Propriedades da água, biofísica de fluidos, biofísica de soluções e bioeletrogênese.

 OBJETIVOS:

Apresentar aos alunos do curso de fisioterapia conceitos básicos de física e biofísica aplicados à fisiologia.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     Biomecânica Básica, Susan Hall – Ed. Guanabara Koogan;

2.     Biofísica Essencial, Carlos Alberto Mourão Júnior & Dimitri Marques Abranov – Ed. Guanabara Koogan;

3.     Biofísica Básica, Ibrahim Felippe Heneine – Ed. Atheneu,

4.     You Tube – Aulalivre.net – Fisica

Disciplina: ÁCUSTICA                                                                      Código: CFB-115

Período da Disciplina: 3º período

Carga Horária Total: 45 (quarenta e cinco) horas

Carga Horária Semestral: 01T (30 horas) 01 P (15 horas)

Nº de Créditos:  02(dois)

Curso para a qual é oferecida: FONOAUDIOLOGIA

Tipo da disciplina: OBRIGATÓRIA

Pré-Requisitos: BASES MORFÓLOGICAS DOS SISTEMAS SENSORIAIS  BMW 021

EMENTA:

Grandezas físicas; fenômenos ondulatórios; ondas sonoras e sua representação gráfica; ondas complexas e o Teorema de Fourier; medidas da velocidade, pressão, intensidade e energia sonoras; a transmissão do som; ressonância no trato oral e no duto auditivo; bases físicas da fonação; ruídos: conceitos, efeitos e controle; acústica fisiológica – Psicoacústica; bases físicas da audição.

OBJETIVOS:

Introduzir as bases físicas da fonação e da audição, abordando conceitos da ondulatória.(interferência, período, freqüência, ressonância, harmônicos, representação gráfica, etc), impedância acústica, medidas da intensidade sonora (DeciBel), filtros acústicos, ruídos (efeitos, medição e controle), a mecânica da Fonação, o funcionamento de um Audiômetro, Psicoacústica, a mecânica da Audição.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     Acústica e Psicoacústica Aplicadas à Fonoaudiologia – Iêda C. P. Russo, Ed. Lovise Científica.

2.     O Som – Jean J. Matras, Ed. Martins Fontes.

3.     Física para Ciências Biológicas e Biomédicas – Emiko Okuno, Ed. Harbra.

4.     Biofísica – Eduardo A. C. Garcia, Ed. Sarvier.

5.     Biofísica Básica – Ibrahim F. Heneine, Ed. Atheneu.

6.     Física – vol.2 – Resnick & Halliday, Ed. Livros Técnicos e Científicos.

7.     Os Fundamntos da Física – vol.2 – Francisco Ramalho Jr, Ed. Moderna.

8.     Elements of Acoustic Phonetics – Peter Ladefoged, University of Chicago Press.

9.     Anatomy and Physiology – For Speech, Language, and Hearing – J. Anthony Seikel, Singular Publishing Group, London.

Disciplina:       Fundamentos de Biologia Celular e Molecular II       Código: CFB 123

Período da Disciplina: 2º período

Carga Horária Total:105 (cento e cinco) horas

Carga Horária Semestral:03 T (45 horas)  02 P (60 horas)

Nº de Créditos:05

Duração do Curso:15 semanas

Curso para a qual é oferecida:   Física Médica

Tipo da disciplina:   OBRIGATÓRIA

Pré-Requisitos: Fundamentos de Biologia Celular e Molecular I

Docente Responsável:   Maria Cristina M. Motta

EMENTA:

Junções. Celulares; sinalização celular; receptores de sinalização; proliferação e diferenciação celular; conceito de célula tronco; linhagens celulares e controle gênico da determinação e diferenciação; fatores de transcrição e noção básica de promotores eucariotos e procariotos, níveis de regulação gênica.

Mitocôndrias e a respiração celular; senescência celular; apoptose.

 OBJETIVOS:

Atingir conhecimentos básicos sobre a estrutura e função da célula e seus constituintes.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     Molecular Biology of The Cell – Alberts, Johnson, Lewis, Raff, Roberts, Walter. Garland Eds, 5th edition , 2010.

Disciplina:       BIOFÍSICA MI                                                          Código: CFB-160

Período da Disciplina:   1º período       

Carga Horária Total: 135 (cento e trinta e cinco) horas

Carga Horária Semestral: 03T (45 horas)   03P (90 horas)

Nº de Créditos:  06(seis)

Duração do Curso:  01 semestre

Curso para a qual é oferecida: Medicina

Tipo da disciplina: Obrigatória

Pré-Requisitos: Não há

Docente Responsável: Wanda Maria von Krüger

EMENTA:

·     BIOFÍSICA DE MEMBRANAS:

Estrutura Química dos componentes das Membranas Biológicas I. Propriedades da água – Propriedades de substâncias hidrofílicas e hidrofóbicas. Propriedades de lipídeos em água: lamela, micela e bicamada. Elucidação do modelo de Mosaico Fluido. Estrutura Química dos componentes das Membranas Biológicas II. Lipídeos, Proteínas e Carboidratos. Métodos de estudo de membranas. Transporte através de Membranas I. Princípios de transportes através de Membranas. Difusão Simples e Difusão Facilitada. Transporte de Íons e Moléculas Pequenas. Transporte através de Membranas II. Transporte Ativo através de Membranas Transporte de Macromoléculas. Reconhecimento Celular: Receptores. “Interação do Vírus HIV como Célula Hospedeira como modelo de com Receptores”. Reconhecimento e Comunicação Celular: Transdução de Sinal I – Sistema Adenilciclase/AMP – cíclico. Reconhecimento e Comunicação Celular: Transdução de Sinal II –  Sistema Fosfolipase C/IP3 e DAG.

·     BIOLOGIA MOLECULAR:

Mecanismos básicos, a nível molecular, sobre o fluxo da informação genética. Controles de expressão gênica em eucariotos e procariotos. Aplicações atuais da Biologia Molecular na Clínica Médica.

·     RADIOISÓTOPOS:

Bases físicas das radiações e dos métodos de diagnóstico por imagens. Raios X e tomografia computadorizada (TC). Radioterapia e radiodiagnóstico. Raios laser. Ultrassom. Ressonância magnética nuclear (RMN). Tomografia por emissão de pósitrons (PET-Scan) Fundamentos de proteção radiológicas. Aplicação de radionuclídeos em Medicina e Biologia.

·     RADIOBIOLOGIA E FOTOBIOLOGIA:

Interação das radiações com a matéria. Lesões do DNA por agentes físicos e químicos e sua reparação. Efeitos somáticos das radiações ionizantes e não ionizantes.

 OBJETIVOS:

Fornecer o conhecimento básico (teórico e prático) sobre as interações moleculares e macromoleculares do sistema biológico e de suas interações com o meio: aplicações em Medicina e Biologia. Dar os mecanismos moleculares da sinalização celular e da informação genética, para utilização destes conhecimentos em Medicina Molecular, métodos biofísicos, processos biofísicos celulares e sua interação com o meio extracelular e ambiental. Despertar o interesse para a formação científica.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     Genes VI – Lewin-Oxford Universiy Press Inc. – New York

2.     The Molecular Biology of the Cell – Alberts – Garland Publishing, Inc. – New York

3.     Scientific American – revista de publicação mensal – Scientific Amreican Inc. – New York

4.     Apostila do curso de radioisótopos. Prof. Eduardo Penna Franca. 1995.

5.     Proteção radiológica em Radiologia-diagnóstica. CNEN. 1993.

6.     Fundamentos de Radiologia. Squir & Novelline . 1992

7.     Radiologia na formação do médico geral. Koch, Ribeiro e Tonomura. UFRJ 1997.

8.     Diagnostic imaging. Armstrong & Wastie.1996.

9.     DNA Repair and Mutagenesis – Friedberg, Walker, Siede MAS Press (1995)

10.   Radiobiologia e Fotobiologia – Álvaro C. Leitão e Roberto Alcântara Gomes. (Respostas celulares às lesões induzidas por agentes físicos e químicos) – Apostila (Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho)

Disciplina:       BIOFÍSICA B /IBA                Código: CFB-163

Período da Disciplina:   5º período       

Carga Horária Total:  45 (quarenta e cinco) horas

Carga Horária Semestral:  1T (15 horas) 1P (30 horas)

Nº de Créditos: 02 (dois)

Curso para a qual é oferecida: BIOLOGIA

Tipo da disciplina: OBRIGATÓRIA

Pré-Requisitos: Não há

Docente Responsável: João Paulo Machado Torres

EMENTA:

Paralelo histórico entre a física e a Biologia: o nascimento da Biofísica. Eventos em escala atômica: Átomo e Matéria. Energia e termodinâmica, radiação e radioatividade. Moléculas de interesse biológico: a Água (diluição e osmose) e o Oxigênio (respiração e estresse oxidativo). Eventos em escala celular: membranas, receptores e comunicação celular. Mutagênese e mecanismos de reparo de DNA. Eventos em escala organismica: Bioeletrogênese, Bioacústica e visão (comprimento de onda de luz). Toxicocinética e toxicodinâmica. Eventos em escala de ecossistema: a hipótese Gaia, Poluição, Atividades antrópicas e a disponibilidade de elementos no ambiente, ciclo global de transporte de compostos poluentes.

OBJETIVOS:

Objetivo. O curso se destina a oferecer aos alunos participantes noções básicas sobre a detecção de metais pesados na natureza e seus efeitos no ambiente e no homem. Os alunos receberão também conceitos relacionados aos efeitos celulares e moleculares de radiações ionizantes e não ionizantes sobre os seres vivos e os principais mecanismos de reparo específicos para as lesões induzidas.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     Aplicação de Radiações em Ciências Biomédicas – Eduardo Penna Franca e Míriam Brugnara Castro, 1995. Apostila (Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho).

2.     DNA Repair and Mutagenesis – Friedberg, Walker, Siede MAS Press (2006).

3.     Radiobiologia e Fotobiologia – Álvaro C. Leitão, Claudia de Alencar Santos Lage, Januário Bispo Cabral Neto, Marcelo de Pádula e Roberto Alcântara Gomes(em memória). (Respostas celulares às lesões induzidas por agentes físicos e químicos) – Apostila (Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho) 2005.

4.     B. Lewin. Genes VI. Oxford Univecity Press.

5.     Zaha. Biologia Molecular Básica. Mercado Aberto.

6.     B Alberts, D. Bray, J. lewis , M Raff, K. Roberts e J. D. Watson. MolecularBiology of the Cell, Garland Publishing Inc.

7.     P. C. Turner, G. Mclennan, A. D. Bates e M. R. H. White. Instant Notes in Molecular Biology. Bios Scientific Publishers.

8.     J. Watson, M. Gilman, J. Witkowski, M. Zoller. Recombinant DNA. Scientific American Books.

Disciplina:       BIOFÍSICA B (NOTURNO)                          Código: CFB-163

Período da Disciplina:   5º período       

Carga Horária Total:  45 (quarenta e cinco) horas

Carga Horária Semestral:  1T (15 horas) 1P (30 horas)

Nº de Créditos: 02 (dois)

Curso para a qual é oferecida: BIOLOGIA

Tipo da disciplina: OBRIGATÓRIA

Pré-Requisitos: Não há

Docente Responsável: Mariana Batha Alonso                                      

EMENTA:

Paralelo histórico entre a física e a Biologia: o nascimento da Biofísica. Eventos em escala atômica: Átomo e Matéria. Energia e termodinâmica, radiação e radioatividade. Moléculas de interesse biológico: a Água (diluição e osmose) e o Oxigênio (respiração e estresse oxidativo). Eventos em escala celular: membranas, receptores e comunicação celular. Mutagênese e mecanismos de reparo de DNA. Eventos em escala organismica: Bioeletrogênese, Bioacústica e visão (comprimento de onda de luz). Toxicocinética e toxicodinâmica. Eventos em escala de ecossistema: a hipótese Gaia, Poluição, Atividades antrópicas e a disponibilidade de elementos no ambiente, ciclo global de transporte de compostos poluentes.

OBJETIVOS:

Objetivo. O curso se destina a oferecer aos alunos participantes noções básicas sobre a detecção de metais pesados na natureza e seus efeitos no ambiente e no homem. Os alunos receberão também conceitos relacionados aos efeitos celulares e moleculares de radiações ionizantes e não ionizantes sobre os seres vivos e os principais mecanismos de reparo específicos para as lesões induzidas.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     Aplicação de Radiações em Ciências Biomédicas – Eduardo Penna Franca e Míriam Brugnara Castro, 1995. Apostila (Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho).

2.     DNA Repair and Mutagenesis – Friedberg, Walker, Siede MAS Press (2006).

3.     Radiobiologia e Fotobiologia – Álvaro C. Leitão, Claudia de Alencar Santos Lage, Januário Bispo Cabral Neto, Marcelo de Pádula e Roberto Alcântara Gomes(em memória). (Respostas celulares às lesões induzidas por agentes físicos e químicos) – Apostila (Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho) 2005.

4.     B. Lewin. Genes VI. Oxford Univecity Press.

5.     Zaha. Biologia Molecular Básica. Mercado Aberto.

6.     B Alberts, D. Bray, J. lewis , M Raff, K. Roberts e J. D. Watson. MolecularBiology of the Cell, Garland Publishing Inc.

7.     P. C. Turner, G. Mclennan, A. D. Bates e M. R. H. White. Instant Notes in Molecular Biology. Bios Scientific Publishers.

8.     J. Watson, M. Gilman, J. Witkowski, M. Zoller. Recombinant DNA. Scientific American Books.

Disciplina: BIOFÍSICA                                                                         Código: CFB 231

Período da Disciplina: 3º período

Carga Horária Total: 75 (setenta e cinco) horas

Nº de Créditos: 05

Duração do Curso: 15 semanas

Curso para a qual é oferecida:   Física Médica

Tipo da disciplina:   OBRIGATÓRIA

Pré-Requisitos: Não há.

Docente Responsável: Silvana Allodi

EMENTA:

O papel da água nos sistemas biológicos; soluções; pH e tampões; a estrutura das membranas biológicas; transportes através das membranas celulares; potencial transmembrana; canais iônicos; métodos de estudo eletrofisiológico das células; características eletrofisiológicas e farmacológicas dos canais iônicos; forma de ativação dos canais iônicos; potencial de ação; medidas eletrofisiológicas in vitro; doenças provocadas por efeitos estruturais nos canais iônicos.

OBJETIVOS:

Instrumentalizar o aluno, de forma teórica e prática, com conhecimentos e conceitos físico-químicos e biofísicos básicos necessários para compreensão dos mecanismos de transportes através da membrana e de transdução de sinais.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     GARCIA, Eduardo AC. Biofísica. 1ª edição, São Paulo-SP.Sarvier Editora, 1998.

2.     HENEINE, Ibrahim Felippe. Biofísica básica. In: Biofísica básica. 2000.

3.     AIRES, Margarida de Mello. Fisiologia. In: Fisiologia. 2012.

4.     ALBERTS, Bruce et al. Biologia molecular da célula. Artmed Editora, 2010.

5.     LODISH, Harvey et al. Molecular cell biology. New York: WH Freeman, 1995.

6.     MARTINEZ, Ana; ALLODI, Silvana; UZIEL, Daniela.Neuroanatomia essencial. Grupo Gen-LTC, 2000.

7.     MOURÃO, Carlos Alberto; ABRAMOV, Dimitri Marques.Biofísica essencial. Grupo Gen-Guanabara Koogan, 2000.

Disciplina: BIOLOGIA MOLECULAR NA CLÍNICA MÉDICA     Código: CFB-351

Período da Disciplina:   5º período

Carga Horária Total: 60 (sessenta) horas

Carga Horária Semestral: 02T (30 horas)   01P (30 horas)

Nº de Créditos:  03(três)

Duração do Curso:    semanas

Curso para a qual é oferecida: MEDICINA

Tipo da disciplina: Escolha Condicionada

Pré-Requisitos: BIOFÍSICA MI BMB-160

                            BIOQUÍMICA BMQ-140

                            GENÉTICA IBG-229

                            MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA M  IMW-242

EMENTA:

Biologia Molecular e tecnologia do DNA recombinante direcionados para a análise molecular de doenças infecciosas, genéticas hematológicas e oncológicas.

OBJETIVOS:

Estimular a interação entre a pesquisa básica e a prática e/ou pesquisa clínica.

Oferecer os mais avançados conhecimentos e abordagens moleculares, teóricas e práticas, para o entendimento da fisiopatologia de doenças, para o diagnóstico laboratorial, estabelecimento de prognóstico e subsídio à conduta clínica.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     Recombinant DNA – James D. Watson, Michael Gilman, Jan Witkowski, Mark Zoller – Scientific American Books – W.H. Freeman and Company, New York.

2.     Molecular Medicine an Introductory Text – R.J. Trent – Churchhill Livingstone.

Disciplina: Radiobiologia e Fotobiologia                                             Código: CFB 352

Período da Disciplina: 5º período

Carga Horária Total: 60 (sessenta) horas

Nº de Créditos: 04

Duração do Curso: 14 semanas

Curso para a qual é oferecida:   Física Médica

Tipo da disciplina:   OBRIGATÓRIA

Pré-Requisitos: Fundamentos de Biologia Celular e Molecular I e II

EMENTA:

A interação das radiações com a matéria; Lesões no DNA por agentes físicos e químicos e sua reparação. Efeitos somáticos das radiações ionizantes e não ionizantes.

OBJETIVOS:

O curso visa o entedimento da interação de agentes f’sicos e químicos do meio ambiente com os seres vivos, os mecanismos pelos quais estes agentes produzem lesões no DNA celular e as respostas a estas lesões.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     APOSTILA – Radiobiologia e Fotobiologia – Álvaro Augusto Leitão e Roberto Alcantara Gomes. (respostas celulares às lesões induzidas por agentes físicos e químicos) – Intituto de Biofísica Carlos Chagas Filho – UFRJ – 1997.

2.     DNA Repair and Mutagenesis – Friedberg,  Walker, Siede MAS Press (1995)

Disciplina: FISIOLOGIA E BIOFÍSICA                                           Código: CFF-111

Período da Disciplina: 1º período

Carga Horária Total: 90 (noventa) horas

Carga Horária Semestral: 04T (60 horas) 01P (30 horas)

Nº de Créditos:  05(cinco)

Curso para a qual é oferecida: FONOAUDIOLOGIA

Tipo da disciplina: OBRIGATÓRIA

Pré-Requisitos: Não há

Docente Responsável: Rafael Lindoso

EMENTA:

Objetivo.

·     FISIOLOGIA CARDIOVASCULAR

Organização morfo-funcional do sistema Cardiovascular. O  coração e os vasos: princípios de seu funcionamento e regulação. Regulação integrada da circulação. Papel homeostático da circulação.

·     FISIOLOGIA RENAL

Organização morfo-funcional do rim, hemodinâmica renal, filtração glomerular, transporte de água e solutos ao longo do néfron, regulação do volume e tonicidade do meio externo, regulação renal do pH do meio externo.

·     FISIOLOGIA DIGESTIVA

Secreção salivar. Mastigação. Deglutição. Trânsito esofágico. Enchimento gástrico. Esvaziamento gástrico. Screção gástrica. Intestino delgado. Secreção pancreática. Secreção biliar. Secreções intestinais. Motilidade do intestino delgado. Digestão e absorção dos principais constituintes da dieta – ácidos aminados e peptídeos, lipídeos, hidratos de carbono, vitaminas, água e íons. Motilidade do intestino grosso.

·     FISIOLOGIA ENDÓCRINA

Sistema endócrino e seus componentes; sinalizadores hormonais e mecanismos de interação com células alvo. Neuro-hormônios: hipotálamo e medula suprarrenal. Mecanismos de regulação hormonal e trofinas hipofisárias. Hormônios da tireóide. Regulação endócrina do metabolismo do cálcio e do fósforo. Regulação endócrina do metabolismo intermediário: hormônios pancreáticos, glicocorticóides, adrenalina. Fisiologia da reprodução: função testicular, função ovariana, aspectos endócrinos da gestação. Regulação endócrina do crescimento e desenvolvimento.

OBJETIVOS:

O curso visa dotar o aluno de uma formação em Neurofisiologia e Fisiologia Respiratória com ênfase na integração das atividades destes sistemas. O curso dá atenção especial a tópicos relacionados com os principais campos da futura atuação profissional dos alunos.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     Fisiologia. Robert Berne & Mattheu Levy, Ed Guanabara Koogan, 1998.

2.     Fundamentos da Neurociências e do comportamento. Kandel, Schwartz, Jessel, T. Elsevier, 1997.

3.     Fisiologia. Margarida de Mello Aires, Ed. Guanabara, 1999.

4.     Tratado de Fisiologia Médica. Arthur Guyton, Ed. Guanabara, 9a edição, 1997.

5.     Fisiologia Humana. C. Shauf et al. Guanabara Koogan, 1993.

Disciplina:        FISIOLOGIA E BIOFÍSICA  A              Código: CFF – 121           

Período da Disciplina:  2º período

Carga Horária Total: 120 (cento e vinte) horas

Carga Horária Semestral:  4T (60 horas) 2P (60 horas)

Nº de Créditos: 06 (seis)

Duração do Curso: 17  semanas

Curso para a qual é oferecida: ENFERMAGEM

Tipo da disciplina: OBRIGATÓRIA

Pré-Requisitos: ANATOMIA A (BMA-125) e HISTOLOGIA A (BMH-108)

Docente Responsável: Fátima Erthal

EMENTA:

·     NEUROFISIOLOGIA:

Princípios básicos sobre a membrana celular; transporte de íons e moléculas através da membrana celular; potenciais bioelétricos; geração dos potenciais (geradores, sinápticos e de ação) e seus registros; condução do potencial de ação; transmissão sináptica; acoplamento neurotransmissores com receptores; sistema nervoso autônomo e o controle das funções vegetativas; Hipotálamo (controle da fome, sede e temperatura); princípios básicos dos sistemas sensoriais e motores; sistema sensorial somestésico (tato, propriocepção, temperatura e dor); reflexos medulares e supra-medulares; Movimentos voluntários, sono e vigília (estudos sobre o sono, ciclos, centros que controlam o despertar e o adormecer).

·     FISIOLOGIA CARDIOVASCULAR E RESPIRATÓRIA:

Organização morfo-funcional dos sistemas Cardiovascular e Respiratório. O  coração e os vasos: princípios de seu funcionamento e regulação. Regulação integrada da circulação. Vias aéreas e pulmões: princípios de seu funcionamento. Regulação da ventilação pulmonar. Papel homeostático da circulação e da respiração.

FISIOLOGIA RENAL:

Organização morfo-funcional do rim, hemodinâmica renal, filtração glomerular, transporte de água e solutos ao longo do néfron, regulação do volume e tonicidade do meio externo, regulação renal do pH do meio externo.

FISIOLOGIA DIGESTIVA:

Motilidade do aparelho digestivo – Propriedades do músculo liso. Geração de potencial de membrana no músculo liso -Atividade contrátil espontânea – Comunicação entre as células lisas. Musculatura lisa do aparelho digestivo. Regulação nervosa do aparelho digestivo – Sistema nervoso entérico – aspectos morfo- funcionais e neurotransmissores. Inervação extrínseca e o sistema nervoso entérico; função do sistema nervoso autônomo simpático e para-simpático. Regulação hormonal do aparelho digestivo – Movimentos do aparelho digestivo – Movimentos peristálticos e de segmentação – gênese, função e controle – Mastigação – conceito, importância, mecanismos de controle – Deglutição – Fases da deglutição e seu respectivo controle – Estômago: enchimento e esvaziamento gástrico – Fatores que controlam o esvaziamento gástrico – Intestino delgado – movimentos encontrados no intestino delgado e seu controle Intestino grosso e seu controle – Defecação. Secreções digestivas – Salivar. Gástrica.

·     FISIOLOGIA ENDÓCRINA E DA REPRODUÇÃO:

Sistema Endócrino e seus componentes; sinalizadores hormonais e mecanismos de interação com células alvo. Neuro-hormônios: hipotálamo e medula suprarrenal. Mecanismos de regulação hormonal e trofinas hipofisárias. Hormônios da tireóide: metabolismo, termogênese e maturação. Regulação endócrina do metabolismo do cálcio e do fósforo. Mecanismos de regulação e efeitos dos hormônios pancreáticos. Córtex suprarrenal: glicocorticóides e mineralocorticóides. Influências endócrinas no metabolismo hidrossalino. Regulação endócrina do metabolismo intermediário. Fisiologia da reprodução: diferenciação sexual, puberdade, função testicular, função ovariana, aspectos endócrinos da gestação e da lactação. Regulação endócrina do crescimento e desenvolvimento. Adaptação endócrina ao estresse.

OBJETIVOS:

Associação de conhecimentos básicos nas áreas de Biofísica e Fisiologia.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     Fundamentos da Neurociência e Comportamento- Kandel, E., Schwartz, J., Jessel, T. Elsevier, 1997.

2.     1. Fisiologia. Robert Berne & Mattheu Levy, Ed Guanabara, 3a edição, 1997.

3.     2. Fisiologia. Margarida de Mello Aires, Ed. Guanabara, 1991.

4.     3. Tratado de Fisiologia Médica. Arthur Guyton, Ed. Guanabara, 9a edição, 1997.

5.     Fisiologia. Robert Berne & Mattheu Levy, Ed. Guanabara, 4a edição, 1998.

6.     Tratado de Fisiologia Médica. Arthur Guyton, Ed. Guanabara, 9a edição, 1997.

7.     Fisiologia. Margarida de Mello Aires, Ed. Guanabara, 1999.

8.     1. Fisiologia. Robert Berne & Mattheu Levy, Ed Guanabara, 3a edição, 1997.

9.     2. Fisiologia. Margarida de Mello Aires, Ed. Guanabara, 1991.

10.   3. Tratado de Fisiologia Médica. Arthur Guyton, Ed. Guanabara, 9a edição, 1997.

11.   4. Fisiologia . C.Shauf et al. Guanabara Koogan, 1993.

Disciplina: FISIOLOGIA O                                                 Código: CFF 202

Período da Disciplina: 2º período

Carga Horária Total: 120 (cento e vinte) horas

Carga Horária Semestral:  4T(60 horas) 2P (60 horas)

Nº de Créditos:  06 (seis)

Curso alvo: ODONTOLOGIA

Tipo da disciplina: OBRIGATÓRIA

Pré-Requisitos: Não há.

Docente Responsável: Tamar Frankenfeld

EMENTA:

·     NEUROFISIOLOGIA:

Introdução ao estudo do Sistema Nervoso; Bioeletrogênese, Sinapse e Neurotransmissores; Introdução ao Sistema Sensorial; Somestesia e controle da nocicepção; Sistema trigeminal. Integração sensório-motora; Reflexos medulares, movimentos alternados rítmicos e movimentos voluntários; Sistema Nervoso Autônomo; Hipotálamo e regulação neuroendócrino.

·     FISIOLOGIA CARDIOVASCULAR E RESPIRATÓRIA:

Organização morfo-funcional dos sistemas Cardiovascular e Respiratório. O coração e os vasos: princípios de seu funcionamento e regulação. Regulação integrada da circulação. Vias aéreas e pulmões: princípios de seu funcionamento. Regulação da ventilação pulmonar. Papel homeostático da circulação e da respiração.

·      FISIOLOGIA ENDÓCRINA E DA REPRODUÇÃO:

Sistema Endócrino e seus componentes; sinalizadores hormonais e mecanismos de interação com células alvo. Neuro-hormônios. Mecanismos de regulação e efeito das trofinas hipofisárias. Hormônios da tireóide: mecanismos de regulação e efeitos dos hormônios tireoideanos. Regulação endócrina do metabolismo do cálcio e do fósforo. Mecanismos de regulação e efeitos dos hormônios pancreáticos. Córtex suprarrenal: mecanismos de regulação e efeitos dos glicocorticóides e mineralocorticóides. Medula suprarrenal: mecanismos de regulação e efeitos das catecolaminas hormonais. Regulação endócrina do metabolismo intermediário. Fisiologia da reprodução: diferenciação sexual, puberdade, função testicular, função ovariana, aspectos endócrinos da gestação e da lactação. Regulação endócrina do crescimento e desenvolvimento. Adaptação endócrina ao estresse

·       FISIOLOGIA DIGESTIVA:

Secreção salivar: Funções da saliva. Tipos de glândulas salivares e tipos de saliva. Células mucosas e serosas; principais estruturas das glândulas salivares. Formação e secreção da saliva. Saliva primária e secundária. Regulação neuro-humoral da secreção salivar.

Mastigação: Controle nervoso. Mastigação voluntária e reflexa. Deglutição: fase voluntária e involuntária. Reflexo da deglutição. Trânsito esofágico: características da musculatura do esôfago – estriada e lisa. Esfincter esofágico superior. Peristalse primária. Formação da onda peristáltica esofágica – papel do sistema nervoso autônomo, sistema nervoso entérico. Esfíncter esofágico inferior. Peristalse secundária. Enchimento gástrico: características da musculatura lisa e do sistema nervoso entérico do estômago proximal – fundo e parte do corpo gástrico. Regulação da pressão intragástrica.

Esvaziamento gástrico: estômago distal – parte posterior do corpo, antro e piloro. Características da musculatura lisa e do sistema nervoso entérico do estômago distal. Regulação neuro-humoral do esvaziamento gástrico. Secreções gástricas parietal e não parietal, características, regulação e função.

Período interdigestivo: Atividade motora e secretora.Intestino delgado: Duodeno, jejuno e íleo. Características, secreção pancreática: regulação e função. Secreções intestinais.

Fígado: Funções do fígado, formação principais constituintes da bile hepática e bile vesicular, secreção biliar. Motilidade do intestino delgado: papel do sistema nervoso entérico e da muscular lisa. Regulação neuro-humoral da motilidade; tipos de movimentos. Esvaziamento do íleo e esfíncter íleo secal.

Digestão dos principais constituintes da dieta: proteínas – enzimas proteolíticas. Papel da pepsina e do HCl, das enzimas pancreáticas e intestinais. Absorção de ácidos aminados e peptídeos. Lipídeos: papel da bile e enzimas lipolíticas. Absorção de lipídeos.Açúcares: digestão e absorção. Papel das enzimas salivares, pancreáticas e entéricas. Absorção de água e íons no intestino delgado.

Intestino grosso: características do ceco, colon e reto. Características da musculatura da lisa e do sistema nervoso entérico. Absorção de água e íons no intestino grosso. Canal anal e defecação.

·      FISIOLOGIA RENAL:

Organização morfo-funcional do Sistema Urinário, mecanismos de formação da urina e atuação de diuréticos, papel do rim como órgão regulador da composição, osmolaridade, volume e pH dos líquidos corporais.

OBJETIVOS:

Conhecer as bases morfológicas e o funcionamento dos aparelhos e sistemas do organismo humano. Entender o organismo humano como elemento integrado. Compreender os princípios da homeostase. Com o recurso dos conhecimentos da fisiologia, avaliar as conseqüências dos principais distúrbios na estrutura e função do organismo. Desenvolver a capacidade crítica dos alunos frente a gráficos, esquemas e figuras. Possibilitar a sedimentação do conhecimento do aluno mediante atividades de apresentação de temas.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     Kandel, ER; Schwartz, JH & Jessell, TM – Princípios de Neurociência e Comportamento. Ed. Manole, 2003

2.     Lent, R – Cem bilhões de neurônios, Atheneu, 2004, edição revista e atualizada.

3.     1. Fisiologia. Robert Berne & Mattheu Levy, Ed Guanabara, 3a edição, 1997.

4.     2. Fisiologia. Margarida de Mello Aires, Ed. Guanabara,  1999.

5.     3. Tratado de Fisiologia Médica. Arthur Guyton, Ed. Guanabara, 9a edição, 1997.

6.     Fisiologia. Robert Berne & Mattheu Levy, Ed Guanabara, 4a edição.

7.     Fisiologia. Margarida de Mello Aires, Ed. Guanabara, 2ª edição

8.     Tratado de Fisiologia Médica. – Guyton e Hall, 9ª edição.

9.     Neder, Antonio Carlos – Farmacoterapia para Cirurgiões Dentistas.

10.   Bhaskas, S.N. – Patologia Bucal.

11.   Strasburg, M. e Knoll, G. – Enfermidades da Mucosa Bucal

12.   Diabetes e Insulina – Fisiologia e Fisiopatologia – Consequências da deficiência insulínica – Hoechst do Brasil.

13.   1. Fisiologia. Robert Berne & Matthew Levy, Ed Guanabara Koogan, 3a edição, 1997.

14.   2. Fisiologia. Margarida de Mello Aires, Ed. Guanabara Koogan, 1999.

15.   3. Tratado de Fisiologia Médica. Arthur Guyton, Ed. Guanabara Koogan, 9a edição, 1997.

16.   4. Fisiologia . C. Shauf et al., Ed. Guanabara Koogan, 1993.

17.   Fisiologia. Robert Berne & Mattheu Levy, Ed Guanabara, 3a edição, 1997.

18.   Fisiologia. Margarida de Mello Aires, Ed. Guanabara, última edição.

19.   VTE 254 – Vias Urinárias – NUTES.

Disciplina:       FISIOLOGIA EI                                                        Código: CFF – 204

Período da Disciplina Licenciatura (Diurno):   4º período

Período da Disciplina Bacharelado (Noturno): 3º período

Período da Disciplina Bacharelado em Dança (Noturno): 3º período

Carga Horária Total: 60 (sessenta) horas

Carga Horária Semestral:  2T (30 horas) 1P (30 horas)

Nº de Créditos: 03 (três)

Duração do Curso: 17 semanas

Curso para a qual é oferecida: EDUCAÇÃO FÍSICA

Tipo da disciplina: OBRIGATÓRIA

Pré-Requisitos: ANATOMIA EI (BMA-126)
BIOQUÍMICA EI (IQB-122)

Docente Responsável: Juliana Guimarães Martins Soares

EMENTA:

  • Neuro:

Neurônio e glia. Potencial de repouso e de ação. Condução do impulso nervoso. Junção neuromuscular. Receptores farmacológicos. Mecanismos de contração muscular. Reflexos, postura e locomoção. Sistema nervoso autônomo.

  • Renal:

Composição corpórea. Transporte através de membranas celulares. Anatomia funcional do rim. Filtração glomerular. Função tubular. Influência do rim na regulação da pressão arterial. Homeostasia.

  • Digestório:

Organização anatômica. Fases da digestão. Inervação. Funções secretadoras. Digestão. Funções de absorção do tubo digestivo. Funções motoras do tubo gastro-intestinal.

OBJETIVOS:

Aquisição de conceitos básicos e fundamentais para que o aluno possa estudar fisiologia do exercício e as modificações fisiológicas decorrentes. Entendimento do estado homeostásico do organismo (Neuro e Renal) e absorção e utilização dos alimentos como fonte de energia.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     Fisiologia. Robert Berne & Mattheu Levy, Ed Guanabara, 3a edição, 1997.

2.     Fundamentos da Neurociências e do comportamento. Kandel, Schwartz, Jessel., 1997.

3.     Fisiologia Humana – Schanf, Moffett e Moffett.

4.     Tratado de Fisiologia Médica. Arthur Guyton, Ed. Guanabara, 9a edição, 1997.

5.     Fisiologia. Margarida de Mello Aires, Ed. Guanabara, 1999.

6.     Tratado de Fisiologia Médica. Arthur Guyton, Ed. Guanabara, 9a edição, 1997.

7.     Fisiologia . C.Shauf et al. Guanabara Koogan, 1993.

Disciplina:       FISIOLOGIA N                                                         Código: CFF – 205

Período da Disciplina:  2º período

Carga Horária Total: 120 (cento e vinte) horas

Carga Horária Semestral:  4T (60 horas) 2P (60 horas)

Nº de Créditos: 06 (seis)

Duração do Curso: 18 semanas

Curso para a qual é oferecida: NUTRIÇÃO

Tipo da disciplina: OBRIGATÓRIA

Pré-Requisitos: ANATOMIA N (BMA-124)

HISTOLOGIA N (BMH-106)

Docente Responsável: Luiz Eduardo Baggio Savio

EMENTA:

·       NEUROFISIOLOGIA:

Introdução ao Sistema Nervoso. Organização morfofuncional do Sistema Nervoso. Bioeletrogênese. Transmissão sináptica. Introdução aos sistemas sensóriais. Somestesia. Gustação. Olfato. Visão. Sistema Motor somático. Sistema Nervoso Autônomo. Hipotálamo.

·       FISIOLOGIA CARDIOVASCULAR E RESPIRATÓRIA:

Organização morfo-funcional dos sistemas Cardiovascular e Respiratório. O  coração e os vasos: princípios de seu funcionamento e regulação. Regulação integrada da circulação. Vias aéreas e pulmões: princípios de seu funcionamento. Regulação da ventilação pulmonar. Papel homeostático da circulação e da respiração.

·       FISIOLOGIA RENAL:

Organização morfo-funcional do Sistema Urinário, mecanismos de formação da urina e atuação de diuréticos, papel do rim como órgão regulador da composição, osmolaridade, volume e pH dos líquidos corporais.

·       FISIOLOGIA DIGESTIVA:

Organização morfo-funcional do Sistema Gastrointestinal. O Trato Gastrointestinal – TGI – (boca, faringe, esôfago e intestino) e glândulas anexas (glândulas salivares, pâncreas, fígado e vesícula biliar). Regulação neural e hormonal dos processos digestivos. Motilidade do TGI. Mastigação, deglutição, secreções, absorção e metabolismo dos macro e micronutrientes.

·       FISIOLOGIA ENDÓCRINA E DA REPRODUÇÃO:

Sistema Endócrino e seus componentes; sinalizadores hormonais e mecanismos de interação com células alvo. Neuro-hormônios: hipotálamo e medula suprarrenal. Mecanismos de regulação hormonal e trofinas hipofisárias. Hormônios da tireóide: metabolismo, termogênese e maturação. Regulação endócrina do metabolismo do cálcio e do fósforo. Mecanismos de regulação e efeitos dos hormônios pancreáticos. Córtex suprarrenal: glicocorticóides e mineralocorticóides. Influências endócrinas no metabolismo hidrossalino. Regulação endócrina do metabolismo intermediário. Fisiologia da reprodução: diferenciação sexual, puberdade, função testicular, função ovariana, aspectos endócrinos da gestação e da lactação. Regulação endócrina do crescimento e desenvolvimento.

 OBJETIVOS:

Conhecer as bases morfológicas e o funcionamento dos aparelhos e sistemas do organismo humano. Entender o organismo humano como elemento integrado. Compreender os princípios da homeostase. Com o recurso dos conhecimentos da fisiologia, avaliar as consequências dos principais distúrbios na estrutura e função do organismo.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     Fisiologia. Robert Berne & Mattheu Levy, Ed Guanabara, 3a edição, 1997.

2.     Fundamentos da Neurociências e do comportamento. PHB (Prentece-Hall do Brasila). Kandel, Schwartz, Jessel., 1997.

3.     Fisiologia. Robert Berne & Mattheu Levy, Ed Guanabara, 3a edição, 1997.

4.     Fisiologia. Margarida de Mello Aires, Ed. Guanabara, 1991.

5.     Tratado de Fisiologia Médica. Arthur Guyton, Ed. Guanabara, 9a edição, 1997.

6.     Fisiologia . C.Shauf et al. Guanabara Koogan, 1993.

7.     Fisiologia. Robert Berne & Mattheu Levy, Ed Guanabara, 3a edição, 1997.

8.     Fisiologia. Margarida de Mello Aires, Ed. Guanabara, última edição.

9.     VTE 254 – Vias Urinárias – NUTES.

10.   Fisiologia. Robert Berne & Mattheu Levy, Ed. Guanabara, 3ª edição, 1997.

11.   Fisiologia. Margarida de Mello Aires, Ed. Guanabara, 1991.

12.   Tratado de Fisiologia Médica. Arthur Guyton, Ed. Guanabara, 9ª edição, 1997.

13.   Fisiologia. C. Schauf et al. Guanabara Koogan, 1993.

Disciplina:       FISIOLOGIA P                                                         Código: CFF 207

Período da Disciplina:   2º período

Carga Horária Total: 45 (quarenta e cinco) horas

Carga Horária Semestral:  3T (45 horas)

Nº de Créditos: 03 (três)

Duração do Curso: 17 semanas

Curso para a qual é oferecida: PSICOLOGIA

Tipo da disciplina: OBRIGATÓRIA

Pré-Requisitos: ANATOMIA P (BMA-131)

Docente Responsável: Rafael Ramos H. Valverde

EMENTA:

·     FISIOLOGIA CELULAR:

Organização celular. Organelas Celulares. Membrana Plasmática. O núcleo. Componentes Químicos da Célula: água e pequenas moléculas, as Macromoléculas. Metabolismo Celular. Proteínas: estrutura e função. O citoesqueleto e sua importância na manutenção da célula. Transporte através de uma membrana. Canais iônicos. Bases de eletrofisiologia.

·     NEUROFISIOLOGIA:

Canais iônicos. Bioeletrogênese. Sinapses e receptores de neurotransmissores. Sistema sensorial, motor e autônomo.

·     FISIOLOGIA CARDIOVASCULAR E RESPIRATÓRIA:

Organização morfo-funcional dos sistemas Cardiovascular e Respiratório. O  coração e os vasos: princípios de seu funcionamento e regulação. Regulação integrada da circulação. Vias aéreas e pulmões: princípios de seu funcionamento. Regulação da ventilação pulmonar. Papel homeostático da circulação e da respiração.

·     FISIOLOGIA DIGESTIVA:

Mecanismos de controle da fome e da sociedade. Regulação do peso corporal. Noções gerais de anatomia e histologia do aparelho digestivo (sistema nervoso entérico). Movimentos do aparelho digestivo. Secreções digestivas (composição e função). Regulação neuro-hormonal da motilidade e secreções do aparelho digestivo.

·     FISIOLOGIA RENAL:

Noções sobre a estrutura anátomo-funcional do aparelho urinário, mecanismos fisiológicos de formação da urina, papel do rim como órgão regulador da composição, osmolaridade e volume dos líquidos corporais.

OBJETIVOS:

Noções sobre a estrutura e funções celulares. Noções sobre o funcionamento dos principais sistemas integrantes do organismo humano.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     Fisiologia. Robert Berne & Mattheu Levy, Ed Guanabara Koogan, 3a edição, 1995.

2.     Fundamentos da Neurociências e do comportamento. PHB (Prentece-Hall do Brasila). Kandel, Schwartz, Jessel., 1997.

3.     Tratado de Fisiologia Médica. Arthur Guyton, Ed. Guanabara, 9a edição, 1997.

4.     Fisiologia . C.Shauf et al. Guanabara Koogan, 1993.

5.     Fisiologia. Margarida de Mello Aires, Ed. Guanabara, última edição.

6.     VTE 254 – Vias Urinárias – NUTES.

Disciplina: FISIOLOGIA P II                                                            Código: CFF – 217

Período da Disciplina: 3º período

Carga Horária Total: 75 (setenta e cinco) horas

Carga Horária Semestral: 1T (15 horas) 2P (60 horas)

Nº de Créditos: 03 (três)

Duração do Curso: 17 semanas

Curso para a qual é oferecida: PSICOLOGIA

Tipo da disciplina: OBRIGATÓRIA

Pré-Requisitos: ANATOMIA P (BMA-131)

Docente Responsável:   João Guedes

EMENTA:

·     NEUROFISIOLOGIA:

Organização Geral do Sistema Nervoso. Transmissão de Sinais no SN. Receptores e Sistemas Sensoriais. Somestesia. Sistema Visual. Organização Geral dos Sistemas Motores. Controle Motor. Hipotálamo e Sistema Límbico. Sistema Nervoso Autonômico. Ritmos Biológicos e Distúrbios do Sono e Consciência. Localizações da Funções Superiores e Especialização Hemisférica.  Afasias. Aprendizagem e Memória. Bases Neurobiológicas dos Distúrbios do Pensamento. Bases Neurobiológicas dos Distúrbios da Afetividade. Diferenciação Sexual do Sistema Nervoso.

·     FISIOLOGIA ENDÓCRINA E DA REPRODUÇÃO:

Sistema Endócrino e seus componentes; sinalizadores hormonais e mecanismos de interação com células alvo. Neuro-hormônios: hipotálamo e medula suprarrenal. Mecanismos de regulação hormonal e trofinas hipofisárias. Hormônios da tireóide: metabolismo, termogênese e maturação. Regulação endócrina do metabolismo do cálcio e do fósforo. Mecanismos de regulação e efeitos dos hormônios pancreáticos. Córtex suprarrenal: glicocorticóides e mineralocorticóides. Influências endócrinas no metabolismo hidrossalino. Regulação endócrina do metabolismo intermediário. Fisiologia da reprodução: diferenciação sexual, puberdade, função testicular, função ovariana, aspectos endócrinos da gestação e da lactação. Regulação endócrina do crescimento e desenvolvimento. Adaptação endócrina ao estresse.

OBJETIVOS:

Entender as bases estruturais e a organização funcional do sistema nervoso. Compreender os mecanismos básicos envolvidos na percepção sensorial. Compreender as bases funcionais das atividades motoras. Compreender as bases neurobiológicas das funções superiores. Compreender os principais métodos de estudo do sistema endócrino e do sistema reprodutor. Caracterizar os hormônios, seus efeitos, regulação e interação; Analisar o papel hormonal na manutenção da homeostase e as consequências das alterações do equilíbrio endócrino para o organismo.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     Bear, MF et al – Neurosciences, Exploring the brain. Williams & Wilkins.

2.     Purves, D.  et al – Neuroscience, Sinauer.

3.     Kandel, ER; Schwartz, JH & Jessell, TM – Essentials of Neural Science and Behavior.

4.     Lent, R – Cem bilhões de neurônios, Atheneu.

5.     R. Lent – Neurociência da mente e do comportamento –ed, Rio de Janeiro, Guanabara Koogan.

6.     Fisiologia, Margarida de Melo Aires, MM (editor), 3a ed., Ed. Guanabara Koogan, RJ, 2008

7.     Physiology, Berne & Levy

Disciplina: FISIOLOGIA HUMANA                                                           Código: CFF 241

Período da Disciplina: 4º período

Carga Horária Total:60 (sessenta) horas teórica

Nº de Créditos: 04

Duração do Curso: 14 semanas

Curso para a qual é oferecida: Física Médica

Tipo da disciplina: OBRIGATÓRIA

Pré-Requisitos: Não há.

Docente Responsável:   Rodrigo Alves Portela (Responsável)

EMENTA:

Objetivo.

·      Neurofisiologia Geral

Propriedades gerais dos neurônios, condução de impulsos nervosos, classificação funcional dasfibras nervosas, transmissão sináptica: estrutura das sinapses, mecanismos de transmissão, mediadores químicos, características dos fenômenos de excitação e inibição sináptica. Plasticidade neural, Sistemas sensoriais, sistemas motores. sistema nervoso autônomo. atividade nervosa.

·      Fisiologia Cardíaca

Características funcionais e excitabilidade do músculo cardíaco. O coração como bomba. Princípios gerais de hemodinâmica.

·      Sistema Respiratório

organização morfofuncional do sistema respiratório. Estrutura e função das vias aéreas. Mecânica ventilatória; forças envolvidas no ciclo respiratório. Espirografia. Relação ventilação-perfusão. Transporte e difusão de gases: transporte de O2, curvas de saturação da hemoglobina, transporte de CO2. Regulação da respiração.

·      Sistema Urinário

princípios básicos da função renal. Mecanismos de filtração, secreção e reabsorção tubular e seus mecanismos de regulação.

·      Sistema Endócrino

Princípios gerais da ação hormonal. Regulação das funções endócrinas. Regulação endócrina do metabolismo hidrossalino. Regulação endócrina do metabolismo energético. Regulação endócrina da função sexual.

·      Nutrição e metabolismo

Digestão no estômago. Absorção intestinal de nutrientes. Regulação hormonal das funções digestivas.

·      Integração entre os sistemas

regulação da temperatura, regulação da pressão arterial, regulação do débito cardíaco, ajuste da fisiologia durante o esforço, regulação do volume extracelular, regulação da tonicidade do meio interno, regulação do equilíbrio ácido-base, ajustes homeostáticos ao estresse, o sistema neuro-imune-endócrino. Influências do meio ambiente nos processos homeostáticos.

 OBJETIVOS:

Capacitar o aluno a: entender a fisiologia dos principais órgãos e sistemas.; caracterizar o propósito e as estratégias dos principais mecanismos de controle fisiológico; analisar criticamente a interação entre os vários órgãos e sistemas; estabelecer a influência de variáveis ambientais sobre o funcionamento dos vários sistemas.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     Bear, M.F.; Lonnors, B.W.; Paradiso, M.A. (2010). Neurociências – Desvendando o Sistema Nervoso. 2a Edição. Rio Grande do Sul: Ed. ArtMed.

2.     Kandel, E.R.; Schwartz, J.H.; Jessel, T.M. (2009). Fundamentos da Neurociência e do Comportamento. São Paulo: Ed. Manole.

3.     Purves, D.; Augustine, G.J.; Fitzpatrick, D.; Katz, L.C.; LaMantia, A.-S. & McNamara, J.O. (2005). Neurosciências. 2ª  Edição. Porto Alegre: Artmed Editora.

Disciplina: TÓPICOS DE FISIOLOGIA ENDÓCRINA                   Código: CFF 618

Carga Horária Total:  36 (trinta e seis) horas

Carga Horária Semanal:02 h. por semana (02 T)

Nº de Créditos: 02

Duração do Curso em semanas: 18 semanas

Curso para a qual é oferecida:   Medicina

Tipo da disciplina: Escolha Condicionada

Pré-Requisitos: PCI de Sistema Endócrino e Reprodutor – BMW 233

EMENTA:

Bases Moleculares do Sistema Endócrino e Reprodutor. Aspectos Fisiológicos e Fisiopatológicos: Metabolismo Hidro-salino, crescimento e desenvolvimento, metabolismo intermediário, gônoda, gestação e lactação. Treinamento didático em seminários e estudos dirigidos.

 OBJETIVOS:

Revisão e aprofundamento de conhecimentos em Fisiologia Endócrina e de reprodução. Treinamento didático nesta área do conhecimento.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     Griffin JE & Ojeda SR – Textbook of Endocrine Physiology, 3rd edition. Oxford University Press, New York, 1996.

2.     Berne RM & Levy MN – Physiology, 4th edition. Mosby Year Book, St.Louis, 1998.

3.     Felig P, Baxter JD & Frohman LA, Endocrinology and Metabolism, 3rd edition. McGraw-Hill, New York. (1995)

4.     Wilson JD, Foster DW, Kronenberg HM & Larsen PR, Williams, Textbook of Endocrinology, 9th edition. WB Saunders, Philadelphia. 1998.

5.     Aires MM – Fisiologia. Editora Guanabara Koogan SA, Rio de Janeiro, 1999.

Disciplina: BASES DA FISIOLOGIA ENDÓCRINA                        Código: CFF 619

Carga Horária Total:  36 (trinta e seis) horas

Carga Horária Semanal:02 h. por semana (02 T)

Nº de Créditos: 02

Duração do Curso em semanas: 18 semanas

Curso para a qual é oferecida: Medicina

Tipo da disciplina: Escolha Condicionada

Pré-Requisitos: PCI de Sistema Endócrino e Reprodutor – BMW 233

EMENTA:

O Sistema Endócrino e os mecanimos moleculares e bioquímicos envolvidos da sua regulação. Eixos  hipotalâmo-hipofisários-glândulas alvo. A tireóide e o desenvolvimento e manutenção dos organimos, Calcemia e sua regulação hormonal. Papel dos hormônios no balanço eletrolítico. Pâncreas e modulação metabólica. Controle Neuro-hormonal da Reprodução. Aspectos endócrinos da funçãoplacentar. Regulação endócrina do crescimento. Adaptação endócrina ao estresse.

OBJETIVOS:

Fixação dos princípios básicos da Fisiologia Endócrina e do aparelho reprodutor.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     Griffin JE & Ojeda SR – Textbook of Endocrine Physiology, 3rd edition. Oxford University Press, New York, 1996.

2.     Berne RM & Levy MN – Physiology, 4th edition. Mosby Year Book, St.Louis, 1998.

3.     Wilson JD, Foster DW, Kronenberg HM & Larsen PR, Williams, Textbook of Endocrinology, 9th edition. WB Saunders, Philadelphia. 1998

4.     Aires MM – Fisiologia. Editora Guanabara Koogan SA, Rio de Janeiro, 1991.

Disciplina: FUNDAMENTOS TEÓRICO-PRÁTICOS DE  FISIOLOGIA CARDIOVASCULAR                Código:      CFF 620

Carga Horária Total: 72 (setenta e dois) horas

Carga Horária Semanal:04 h. por semana (02 T)  (02 P)

Nº de Créditos: 03

Duração do Curso em semanas: 18 semanas

Curso para o qual é oferecido:   Medicina

Tipo de disciplina: Escolha Condicionada

Pré-Requisitos: PCI de Sistema Cardiovascular e Respiratório – BMW 122

Docente Responsável e colaboradores:  Cristiana del Corsso

EMENTA:

Relações estruturais e funções do sistema cardiovascular. Coração elétrico. Bases das arritmias cardíacas. Coração mecânico. Controle da circulação. Mecanismos básicos de controle da pressão arterial. Diferentes fatores que controlam o diâmetro vascular e o fluxo sanguíneo. Controle integrado da circulação. Aspectos fisiopatológicos do sistema cardiovascular: hipertrofia; falência cardíaca e hipertensão.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     AIRES, M. M. Fisiologia. 3. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2007

2.     BRAUNWALD, E. et. al. Harrison medicina interna. 17. ed. Rio de Janeiro: McGraw-Hill Interamericana, 2009

3.     CARNEIRO, Enéas F. O eletrocardiograma 10 anos depois. 1. ed. Rio de Janeiro: Ateneu, 1997

4.     GUYTON, Arthur C.; HALL, John E. Guyton & Hall Tratado de Fisiologia Médica. 11. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2006

5.     KOEPPEN, Bruce M.; STANTON, Bruce A. Berne & Levy fisiologia. 6. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2009

6.     KUMAR, V.; FAUSTO, N.; ABBAS, A. K. Robbins & Cotran Patologia: bases patológicas das doenças. 7. ed. Rio de Janeiro: Saunders/Elsevier, 2005

7.     OPIE, Lionel H. Heart Physiology: from cell to circulation 4. Ed. Lippincott Williams & Wilkins, 2004.

Disciplina: FUNDAMENTOS TEÓRICO-PRÁTICOS DE  FISIOLOGIA DIGESTIVA                     Código:  CFF 621

Carga Horária Total:  54 (cinquenta e quatro) horas

Carga Horária Semanal: 03 h. por semana (02 T)  (01 P)

Nº de Créditos: 03

Duração do Curso em semanas: 18 semanas

Curso para o qual é oferecido:   Medicina

Tipo de disciplina: Escolha Condicionada

Pré-Requisitos: PCI de Sistema Digestivo – BMW 232

EMENTA:

Fisiologia e fisiopatologia da boca: aspectos motores e secretórios, disfunção da motilidade e secreção gástrica. Fisiologia e fisiopatologia do fígado, pâncreas e intestino delgado: Secreção, digestão e absorção. Fisiologia do intestino grosso; motilidade e absorção.

OBJETIVOS:

Objetivo. Transmitir em detalhes o funcionamento do aparelho digestivo, com ênfase na integração entre as funções secretoras, motoras e absortivas. Visando preparar monitores para atuarem em cursos de Graduação

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     Berne RM & Levy MN – Physiology, 3rd edition. 1997.

2.     Guyton AC & Hall JE – Tratado de Fisiologia Médica, 9ª edição. Editora Guanabara Koogan SA, Rio de Janeiro, 1997. (Tradução da 9ª edição inglesa, 1996)

Disciplina: TÓPICOS EM NEUROFISIOLOGIA                             Código: CFF 622

Carga Horária Total:  30 (trinta) horas

Carga Horária Semanal: 02 h. por semana (01 P) (01 T)

Nº de Créditos: 02

Duração do Curso em semanas: 18 semanas

Curso para o qual é oferecido:   Medicina

Tipo de disciplina: Escolha Condicionada

Pré-Requisitos: Não há

EMENTA:

Organização e desenvolvimento do sistema nervoso (neurobiologia celular e molecular); mecanismos de comunicação e sinalização neuronal e neuro-endócrina; sistemas sensoriais (dos receptores sensoriais à percepção); controle motor (somático e visceral); resposta às lesões do SNP e do SNC, células tronco e regeneração; interação neuroendócrina e estresse; ritmos circadianos, sono e vigília; consciência, linguagem e cognição; estados emocionais, memória e funções superiores especializadas.

 OBJETIVOS:

Proporcionar a compreensão global da organização do sistema nervoso. Analisar as atividades neurais nos diferentes níveis do neuro-eixo sob um prisma anatômico-funcional integrativo. Complementar o conhecimento adquirido durante o curso básico e estimular o questionamento sobre o conhecimento científico no campo da neurociência. Permitir um olhar crítico sobre as atividades práticas, repassando esta visão ao seu curso de origem.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     Schiffman, H.R. (2005). Sensação e percepção. 5ª Ed. Rio de Janeiro: Editora LTC.

2.     Antunes-Rodrigo, J.; Moreira, A.C.; Elias, L.L.K. e De Castro, M. (2005). Neuroendocrinologia básica e aplicada. Rio de Janeiro: Editora Guanabara Koogan.

3.     Lundy-Ekman, N. (2004). Neurociência: Fundamentos para a reabilitação. 2ª Ed. Rio de Janeiro: Editora Elsevier.

4.     Kandel, E.R.; Schwartz, J.H. e Jessell, T.M. (2003). Princípios de Neurociências. 3ª Ed. São Paulo: Editora Manole.

5.     Carlson, N.R. (2002). Em: Fisiologia do Comportamento. 7a Edição. São Paulo: Editora Manole.

6.     Bear, M.F.; Connors, B.W. e Paradiso, M.A. (2002). Neurociências – Desvendando o Sistema Nervoso. Porto Alegre: ArtMed Editora.

7.     Lent, R. (2002). Cem Bilhões de Neurônios – Conceitos Fundamentais de Neurociências. São Paulo: Editora Atheneu.

8.     Artigos científicos obtidos das revistas internacionais: Scientific American Trends in Neuroscience

Disciplina: FUNDAMENTOS TEÓRICO-PRÁTICOS EM FISIOLOGIA RESPIRATÓRIA           Código: CFF 623

Carga Horária Total:  54 (cinquenta e quatro) horas

Carga Horária Semanal:            03 h. por semana

(02 T)  (01 P)

Nº de Créditos: 02

Duração do Curso em semanas: 18 semanas

Curso para o qual é oferecido:   Medicina

Tipo de disciplina: Escolha Condicionada

Pré-Requisitos: PCI de Sistema Cardiovascular e Respiratório – BMW 122

Docente Responsável e colaboradores: Alysson Roncally

EMENTA:

Mecanismos de defesa do sistema respiratório: aparelho muco-ciliar, defesa alveolar, correlação das estruturas do sistema respiratório com ventilação e o mecanismo de defesa. Músculos respiratórios na respiração basal e sob esforço. Mecânica respiratória avançada: limitação de fluxo, PEEP intrínseca, medida de pressão esofagiana, tubos endotraqueais e tipo  de fluxo.

Métodos de medida em fisiologia respiratória: medida da mecânica respiratória espontânia e sob anestesia; espirometria; medida da CRF; curva  volume-pressão. Espirometria nas síndromes obstrutiva e restritiva.  Tópicos avançados em ventilação, perfuração e relação ventilação-perfusão: teorias sobre a distribuição da ventilação e perfusão; circulação pulmonar e brônquima noedema pulmonar; estresse-falência-remodelamento capilar; endotélio capilar pulmonar ;  relação ventilação- perfusão nas síndromes restritivas e abstrutivas. Funções endrócrinas e metabólicas do pulmão. Papel  da hemácia no transporte de gases. Novos estudos sobre controle da ventilação e receptores pulmonares. Aplicações práticas do equilíbrio ácido-base. Fisiologia  respiratória em ambientes especiais: exercício, grandes altitude e mergulho. Toxicidade do oxigênio. Os temas serão abordados em formas de seminários. Paralelamente a abordagem dos temas básicos, será realizada discussão de artigos científicos e de casos clínicos. A parte prática se caracteriza por aulas práticas de espirometria, onde os alunos serão familiarizados com a estrutura e função do espirógrafo, devendo ser capazes de manusear o espirógrafo, realizar medidas  dos volumes e capacidades  pulmonares e manobra de capacidade vital forçada, além de analisar os parâmetros obtidos.  Nos casos clínicos  e artigos científicos os alunos deverão ser capazes de aplicar  os conceitos de fisiologia respiratória em diferentes situações, assim como desenvolver  espíritos críticos frente aos artigos científicos. Paralelamente,  os alunos receberão treinamento didáticos.

 OBJETIVOS:

Discutir conceitos básicos em fisiologia respiratória com enfoque mais aprofundado. Aplicar os conceitos em diferentes situações fisiológicas e patológicas. Desenvolver a capacidade crítica dos alunos frente a um artigo científico. Desenvolver a capacidade didática dos alunos, desde a seleção de material, orientação de idéias, até a exposição de temas.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     Aires MM – Fisiologia. Editora Guanabara Koogan SA, Rio de Janeiro, 1999.

2.     Comre, JC. Fisiologia da Respiração

3.     West, J. Fisiologia Respiratória Moderna, 1998.

Disciplina: BIOLOGIA MOLECULAR APLICADA À FUNÇÃO RENAL Código:                CFF 624

Carga Horária Total:  36 (trinta e seis) horas

Carga Horária Semanal:02 h. por semana (02 T)

Nº de Créditos: 02

Duração do Curso em semanas: 18 semanas

Curso para o qual é oferecido:   Medicina

Tipo de disciplina: Escolha Condicionada

Pré-Requisitos: PCI de Sistema Urinário – BMW 231

Docente Responsável e colaboradores:  Marcelo Marcos Morales

EMENTA:

Proteínas transportadoras de ânions e sua expressão no rim. Cotransportadores e Contratransportadores e sua expressão no rim. Canais iônicos e sua expressão no rim. Mecanismo celular e molecular de regulação do transporte iônico no epitélio renal .

OBJETIVOS:

Entendimento dos mecanismos moleculares envolvidos na expressão de transportadores iônicos ao longo do néfron.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     Aires MM – Fisiologia. Editora Guanabara Koogan SA, Rio de Janeiro, 1991.

2.     Donald W. Seldin & Gerhard Giebisch eds. Physiology and Pathophysiology. Second edition. Volume 1. The Kidney

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR:

III. BIBLIOGRAFIA

1.     Como Cultivar Células, Curi, Rui; Curi, Rui / GUANABARA KOOGAN.

2.     Fundamentos da Biologia Celular – 3ª Ed. 2011,Bray, Dennis; Bray, Dennis; Bray, Dennis; Hopkin, Karen; Hopkin, Karen; Hopkin, Karen; Albert, Bruce; Albert, Bruce; Albert, Bruce / ARTMED.

Disciplina: BIOFÍSICA DO NÉFRON                                                 Código: CFF 625

Carga Horária Total:  36 (trinta e seis) horas

Carga Horária Semanal: 02 h. por semana (02 T)

Nº de Créditos: 02

Duração do Curso em semanas: 18 semanas

Curso para o qual é oferecido:   Medicina

Tipo de disciplina: Escolha Condicionada

Pré-Requisitos: PCI de Sistema Urinário – BMW 231

Docente Responsável e colaboradores:  Anibal Gil Lopes

EMENTA:

Modelagem matemática da filtração glomerular. Bases biofísicas da     reabsorção e secreção de íons ao longo do néfron. Bases bioquímicas do transporte de íons no néfron.

OBJETIVOS:

Capacitação de alunos na área de biofísica da função renal.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     Aires MM – Fisiologia. Editora Guanabara Koogan SA, Rio de Janeiro, 1991.

2.     Donald W. Seldin & Gerhard Giebisch eds. Physiology and Pathophysiology. Second edition. Volume. The Kidney

Disciplina: BIOQUÍMICA DA FUNÇÃO RENAL                               Código: CFF 626

Carga Horária Total:  36 (trinta e seis) horas

Carga Horária Semanal: 02 h. por semana (02 T)

Nº de Créditos: 02

Duração do Curso em semanas: 18 semanas

Curso para o qual é oferecido:   Medicina

Tipo de disciplina: Escolha Condicionada

Pré-Requisitos: PCI de Sistema Urinário – BMW 231

EMENTA:

Metabolismo de Ca2+ de PO42 – do rim. Efeito de peptídios natriuréticos e antinatriuréticos no transporte de solutos e água ao longo do néfron. Papel de autacóides na função  renal. Supra-renal e o rim.

OBJETIVOS:

Capacitação na área de modulação da função renal por hormônios

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     Biologia Molecular da Célula – 5ª Ed. Alberts, Bruce; Alberts, Bruce / ARTMED.

2.     Molecular Cell Biology by Harvey Lodish, Arnold Berk, Chris A. Kaiser, and Monty Krieger – 5th edition , 2007. 

3.     Biologia Celular e Molecular – 7ª Ed. 2014, Berk, Arnold; Lodish, Harvey; Outros / ARTMED.

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR:

III. BIBLIOGRAFIA

1.     Aires MM – Fisiologia. Editora Guanabara Koogan SA, Rio de Janeiro, 1991.

2.     Donald W. Seldin & Gerhard Giebisch eds. Physiology and Pathophysiology. Second edition. Volume 1. The Kidney

Disciplina: FORMAÇÃO CIENTÍFICA BÁSICA EM FISIOLOGIA DA RESPIRAÇÃO           Código: CFF 627

Carga Horária Total:  36 (trinta e seis) horas

Carga Horária Semanal: 02 h. por semana (02 T )

Nº de Créditos: 02

Duração do Curso em semanas: 18 semanas

Curso para o qual é oferecido:   Medicina

Tipo de disciplina: Escolha Condicionada

Pré-Requisitos: PCI – Sistema Cardiovascular e Respiratório – BMW 122

Docente Responsável e colaboradores:  Alysson Roncally

EMENTA:

Aulas teórico-práticas abordando os seguintes temas: (1) Provas de função pulmonar: a) espirometria: volumes e capacidades, testes de expiração forçada, curva fluxo-volume; b) medida da capacidade residual funcional: técnica de diluição de gases, pletismografia. (2) Medida de ventilação alveolar, espaço morto anatômico (Método de Fowler) e fisiológico (Método de Bohr). (3) Métodos para avaliar desigualdade na ventilação (washout de nitrogênio). (4) Medida de capacidade de difusão, desigualdade da relação ventilação-perfusão (diferença alvéolo-arterial de oxigênio, shunt, espaço morto alveolar). (5) Gasometria arterial e transcutânea. (6) Capnografia. (7) Medida de parâmetros do controle da ventilação: P0.1, análise da curva de pressão motriz do sistema respiratório, determinação do fluxo inspiratório médio e ciclo de trabalho. (8) Mecânica respiratória em respiração espontânea e sob anestesia: a) complacências estática, dinâmica e específica, resistência de vias aéreas centrais e de tecido, viscoelasticidade do sistema respiratório, pulmão e parede torácica; b) medida de pressão esofagiana; c) limitação de fluxo aéreo; d) PEEP intrínseca. (9) Micromecânica do tecido pulmonar (10) Histopatologia pulmonar: análise de imagem, técnica de contagem de pontos.

OBJETIVOS:

Mensurar diferentes parâmetros em fisiologia respiratória: espirometria, trocas gasosas, mecânica respiratória, controle da ventilação em animais ou humanos respirando espontaneamente ou em prótese ventilatória.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     Physiology of Respiration – Hlastala and Berger – 1997.

2.     Respiratory Physiology – The essentials – West – 1997

3.     Fisiologia – Aires MM – 1999

4.     Pulmonary Diseases and Disorders – Fishman A.P. – 1998

5.     The Lung – Scientific Foundations – Crystal, West, Weibel, Barnas – 1998

Disciplina: TÓPICOS AVANÇADOS EM FISIOLOGIA DA RESPIRAÇÃO          Código: CFF 628

Carga Horária Total:  18 (dezoito) horas

Carga Horária Semanal: 01 h. por semana (01 T)

Nº de Créditos: 01

Duração do Curso em semanas: 18 semanas

Curso para o qual é oferecido:   Medicina

Tipo de disciplina: Escolha Condicionada

Pré-Requisitos: PCI – Sistema Cardiovascular e Respiratório – BMW 122

Docente Responsável e colaboradores:  Alysson Roncally

 

EMENTA:

Discussão de artigos científicos abordando os diferentes temas atuais relacionados a fisiologia respiratória. Espirometria. Mecânica respiratória. Mecânica tecidual. Histerese. Controle da Ventilação. Relação Ventilação Perfusão. Difusão e Transporte de gases. Respiração em ambientes especiais.

OBJETIVOS:

Analisar artigos científicos, e critica-los durante o curso. Atualizar-se quanto a literatura na área de fisiologia respiratória

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     Physiology of Respiration – Hlastala and Berger – 1997.

2.     Respiratory Physiology – The essentials – West – 1997

3.     Fisiologia – Aires MM – 1999

4.     Pulmonary Diseases and Disorders – Fishman A.P. – 1998

5.     The Lung – Scientific Foundations – Crystal, West, Weibel, Barnas – 1998

 

Disciplina: MODELOS EXPERIMENTAIS DOS DISTÚRBIOS RESPIRATÓRIOS            Código: CFF 629       

Carga Horária Total: 36 (trinta e seis) horas

Carga Horária Semanal: 02 h. por semana (02 T)

Nº de Créditos: 02

Duração do Curso em semanas: 18 semanas

Curso para o qual é oferecido:   Medicina

Tipo de disciplina: Escolha Condicionada

Pré-Requisitos: PCI – Sistema Cardiovascular e Respiratório – BMW 122

EMENTA:

Modelos animais de doenças pulmonares obstrutivas (enfisema pulmonar, asma brônquica), restitivas (silicose, asbestose, lupus eritematoso sistêmico), lesão pulmonar aguda (LPS, paraquat, bleomicina). Estudo dos parâmetros espirométricos, mecânica respiratória, troca gasosa, circulação pullmonar e controle da ventilação nesses modelos animais. Função pulmonar nas doenças acarretadas por fumo, poluentes atmosféricos e partículares ambientais (silicose, asbestose). Aspectos funcionais da síndrome desconforto respiratório agudo e do recém-nato. Lesão pulmonar induzida pela ventilação mecânica. Respiração em ambientes especiais.

 OBJETIVOS:

Desenvolver modelos para analise fisiopatológica das principais patologias respiratórias. Analisar parâmetros morfo-funcionais nesses modelos.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     Pulmonary Fibrosis – edited by Sem Hin Phan and Roger S. Thrall-volume 80 – 1995.

2.     Physiology of Respiration – Hlastala and Berger – 1997.

3.     Respiratory Physiology – The essentials – West – 1997.

4.     Fisiologia – Aires MM – 1999.

5.     Pulmonary Diseases and Disorders – Fishman A. P. – 1998.

6.     The Lung – Scientific Foundations – Crystal, West, Weibel, Barnas – 1998.

Disciplina:       PARASITOLOGIA F                                                 Código: CFP – 211

Período da Disciplina: 5º período

Carga Horária Semestral: 2T (30 horas) 2P (60 horas)

Carga Horária Total: 90 (noventa) horas

Nº de Créditos: 04 (quatro)

Curso para a qual é oferecida: FARMÁCIA

Tipo da disciplina: OBRIGATÓRIA

Pré-Requisitos: ANATOMIA F -BMA-122

                            HISTOLOGIA F-BMH-107

EMENTA:

A disciplina terá aulas teóricas em que serão enfocados os fundamentos taxonômicos, morfológicos e, principalmente, biológicos (vetores, mecanismos de transmissão e de agressão) pertinentes aos parasitas do Homem, que constituem a base para o estudo detalhado de epidemiologia, profilaxia e controle das doenças parasitárias. Nas aulas prático-demonstrativas, dar-se-á ênfase aos métodos laboratoriais para o diagnóstico dos parasitas humanos, por se tratar de uma disciplina pré-requisitada para a especialidade de análises clínicas. Estudo dos conceitos, morfologia, taxonomia e biologia dos protozoários, helmintos, artrópodos, ofídeos e fungos. Epidemiologia, profilaxia, mecanismos de agressão (patogenia e sintomatologia), diagnóstico laboratorial e recursos terapêuticos.

OBJETIVOS:

O aluno deverá ser capaz de: compreender, refletir e discutir os mecanismos básicos da Parasitologia Biomédica; Modalidades de parasitismo; Parasitismo e doenças parasitária; Ações parasitárias; Alterações mórbida nas doenças parasitárias; Transmissão e propagação das doenças parasitárias.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     Rey, L – Parasitologia, 2ª ed. RJ – Guanabara Koogan S.A., 1991.

2.     LACAZ, C.S., PORTO , E.  Martins – , J.E.C. – Micologia Médica, S.P. ed. Sarvier, 1984

3.     NEVES, DAVID P. – Parasitologia Humana – Ed. Atheneu – 9ª Ed.

4.     Textos fornecidos pelos professores.

Disciplina:       PARASITOLOGIA ENFERMAGEM                                   Código: CFP – 212

Nº de Créditos: 02 (dois)

Carga Horária Semestral:  1T (15 horas) 1P (30 horas)

Carga Horária Total: 45 (quarenta e cinco) horas

Curso para a qual é oferecida: ENFERMAGEM

Período da Disciplina:   3º período       

Tipo da disciplina: OBRIGATÓRIA

Pré-Requisitos: ANATOMIA A – BMA-125

                           HISTOLOGIA A – BMH-108

Docente Responsável: Leonardo Freire-de-Lima

EMENTA:

Fundamentos da biologia parasitária. Mecanismos de agressão e transmissão dos parasitas do homem. Epidemiologia das doenças parasitárias, recursos terapêuticos. Parasitologia geral: Estudo dos protozoários parasitas do homem; mecanismo de transmissão das protozooses; estudo dos helmintos parasitas do homem; mecanismos de transmissão dos helmintos patogenia nas helmintíases; micoses em geral –  estudo dos fungos, parasitas superficiais e profundos; estudos dos agentes terapêuticos nas protozooses, helmintoses e micoses; artrópodes parasitas: sua importância como causadores e transmissores de doenças. Noções de conduta profilática nas protozooses, helmintoses e micoses.

 OBJETIVOS:

O aluno deverá ser capaz de: compreender, refletir e discutir os mecanismos básicos da Parasitologia Biomédica; Modalidades de parasitismo; Parasitismo e doenças parasitária; Ações parasitárias; Alterações mórbida nas doenças parasitárias; Transmissão e propagação das doenças parasitárias.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     REY, L. – Parasitologia. Guanabara Koogan S.A., Rio de Janeiro, 2001. Abrange o estudo dos protozoários, helmintos e artrópodes. Não inclui o estudo dos fungos.

2.     PESSOA, S. B. & MARTINS, A. V. – Parasitologia Médica. Guanabara Koogan S.A., Rio de Janeiro, 1984. Abrange o estudo dos protozoários, helmintos e artrópodes. Não inclui o estudo dos fungos.

3.     MORAES,R.G.; GOULART,E.G. & LEITE ,I.C. – Parasitologia e Micologia Humana. Cultura Médica LTDA., 2001. Abrange o estudo dos protozoários, helmintos, artrópodes e fungos.

4.     LACAZ, C.S.; PORTO, E. & MARTINS, J. E. C. – Micologia Médica. Ed. Sarvier, 1984. Abrange somente o estudo dos fungos.

5.     COURA, J.R. – Dinâmica das Doenças Infeciosas e Parasitárias. Ed. Guanabara Koogan, 2013. Abrange o estudo dos protozoários, helmintos, artrópodes e fungos.

6.     BLOG DE MICOLOGIA: https://nheise.wixsite.com/novomicoblog – Inclui aulas, estudos dirigidos, exercícios e galerias de imagens dos fungos observados nas aulas práticas.

Disciplina: PARASITOLOGIA N                                                      Código: CFP – 213

Período da Disciplina:   3º período

Carga Horária Semestral:  1T (15 horas) 1P (30 horas)

Carga Horária Total: 45 (quarenta e cinco) horas

Nº de Créditos: 02 (dois)

Curso para a qual é oferecida: NUTRIÇÃO

Tipo da disciplina: OBRIGATÓRIA

Pré-Requisitos: ANATOMIA A (BMA-124) e  

                           HISTOLOGIA A (BMH-106)

EMENTA:

O curso de Parasitologia abrange o estudo dos parasitas que afetam a saúde humana no Brasil. Focaliza os fundamentos da biologia, mecanismos de agressão  e transmissão dos parasitas , e também os métodos de diagnóstico laboratorial, epidemiologia e profilaxia das doenças parasitárias.

 OBJETIVOS:

O aluno deverá ser capaz de compreender e conhecer: o estudo dos parasitas que afetam a saúde humana no Brasil; os fundamentos da biologia, mecanismos de agressão  e transmissão dos parasitas, e também os métodos de diagnóstico laboratorial, epidemiologia e profilaxia das doenças parasitárias.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     REY,L – Parasitologia, 2ª ed. RJ – Guanabara Koogan S.A., 1991. Inclui o estudo dos protozoários, helmintos e artrópodes. Não inclui o estudo dos fungos.                            

2.     MORAES,R.G.; GOULART,E.G.  e LEITE ,I.C.- Parasitologia e Micologia Humana. Cultura Médica LTDA., 1984. Inclui o estudo dos protozoários, helmintos, artrópodes e fungos.

3.     Textos fornecidos pelos professores.

Disciplina: PARASITOLOGIA O                                                      Código: CFP – 214

Período da Disciplina:   3º período

Carga Horária Semestral:  1T (15 horas) 1P (30 horas)

Carga Horária Total: 45 (quarenta e cinco) horas

Nº de Créditos: 02 (dois)

Curso para a qual é oferecida: ODONTOLOGIA

Tipo da disciplina: OBRIGATÓRIA

Pré-Requisitos: ANATOMIA O I – BMA-121

                            HISTOLOGIA O I – BMH-105

Docente Responsável: Adriane Regina Todeschini

EMENTA:

Serão estudadas as principais parasitoses de interesse em saúde pública, no Brasil. Será dada ênfase em organismos causadores da leishmaniose tegumentar e micoses. Nas aulas serão abordados aspectos da biologia de parasite, aos mecanismos de agressão e transmissão das parasitoses, ao diagnóstico laboratorial e, aos recursos terapêuticos.

OBJETIVOS:

O aluno deverá ser capaz de compreender e conhecer: o estudo dos parasitas que afetam a saúde humana no Brasil; os fundamentos da biologia, mecanismos de agressão e transmissão dos parasitas, e também os métodos de diagnóstico laboratorial, epidemiologia e profilaxia das doenças parasitárias.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     Fisher F, Cook NB. Micologia: Fundamentos e Diagnóstico. Ed. Revinter, 2002.

2.     Moraes RG, Goulart EG & Leite IC. Parasitologia e Micologia Humana. Cultura Médica LTDA., 5ª ed,  2008. Abrange o estudo dos protozoários, helmintos, artrópodes e fungos.

3.     Neves DP. Parasitologia humana. Ed. Atheneu. 11ª ed. 2005. Inclui o estudo dos protozoários, helmintos e artrópodes. Não inclui o estudo de micologia.

4.     Rey L. Parasitologia. Guanabara Koogan S.A., 4ª ed., 2008. Inclui o estudo dos protozoários, helmintos e artrópodes. Não inclui o estudo de micologia

5.     Coura JR. – Dinâmica das Doenças Infeciosas e Parasitárias. Ed. Guanabara Koogan, 2013. Abrange o estudo dos protozoários, helmintos, artrópodes e fungos.

6.     Little JW,  Falace D, Miller CS, RhoudS NL. Manejo Odontológico do Paciente Clinicamente – Ed Eselvier, 2009.

7.     BLOG: http://micoblog.webnode.com/

Disciplina: PARASITOLOGIA                                                          Código: CFP – 241

Período da Disciplina: 4º período

Carga Horária Semestral: 1T (15 horas) 2P (60 horas)

Carga Horária Total: 75 (setenta e cinco) horas

Nº de Créditos: 03 (três)

Curso para a qual é oferecida: MEDICINA

Tipo da disciplina: OBRIGATÓRIA

Pré-Requisitos: ANATOMIA BÁSICA – BMA-111

                            P.C.I. DO SISTEMA DIGESTIVO – BMW-232

EMENTA:

Objetivo.

O curso de Parasitologia abrange o estudo dos parasitos que afetam a saúde humana no Brasil. Focaliza os fundamentos da biologia, mecanismos de agressão  e transmissão dos parasitos , e também os métodos de diagnóstico laboratorial, epidemiologia e profilaxia das doenças parasitárias.

O curso será dividido em três blocos: Parasitos gastrointestinais (helmintos e protozoários), Parasitos teciduais I (fungos) e Parasitos teciduais II (protozoários e artrópodes).

 OBJETIVOS:

O aluno deverá ser capaz de: compreender, refletir e discutir os mecanismos básicos da Parasitologia Biomédica; Modalidades de parasitismo; Parasitismo e doenças parasitária; Ações parasitárias; Alterações mórbida nas doenças parasitárias; Transmissão e propagação das doenças parasitárias.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     NEVES, D. P. – Parasitologia humana. Ed. Atheneu. 11ª ed. 2009. Inclui o estudo dos protozoários, helmintos e artrópodes. Não inclui o estudo de micologia.

2.     REY, L. – Parasitologia. – Guanabara Koogan S.A., 4ª ed., 2010. Inclui o estudo dos protozoários, helmintos e artrópodes. Não inclui o estudo de micologia.

3.     Ministério da Saúde. Doenças Infecciosas e Parasitárias. 8º Ed., Brasília, DF. 2010.

4.     MORAES RG, GOULART EG & LEITE IC 2008 – Parasitologia e Micologia Humana. Cultura Médica Ltda. – 5ª ED. Inclui o estudo dos protozoários, Helmintos e Artrópodes.

5.     VERONESI, R.R., FOCACCIE, R. Tratado de Infectologia, 4ªEd. Atheneu, 2010. Parasitologia Geral e Micologia

6.     FISHER, F.; COOK, N.B. Micologia: Fundamentos e Diagnóstico. Ed. Revinter, 2002.

7.     MURRAY PR, ROSENTHAL KS, PFALLER MA– Microbiologia Médica. Elsevier, 7ª ed, 2014. Inclui o estudo de Micologia.

8.     Coura, J. R. Dinâmica das Doenças Infecciosas e Parasitárias – 2 Volumes – 2ª Ed. 2013 , Editora Guanabara Koogan

9.     BLOG DE MICOLOGIA: https://nheise.wixsite.com/novomicoblog – Inclui textos e galerias de imagens dos fungos observados nas aulas práticas.

Disciplina: PROGRAMA DE ORIENTAÇÃO ACADÊMICA III     Código: ENE – 238

Período da Disciplina:   3º período

Carga Horária Total: 30 (trinta) horas

Carga Horária Semestral: 1P (30 horas)

Nº de Créditos: 02 (dois)

Duração do Curso:

Curso para a qual é oferecida: ENFERMAGEM

Tipo da disciplina: ELETIVA

Pré-Requisitos: Não há.

EMENTA:

Oficina sobre o corpo, O cancêr de próstata, mama e cérvico uterino, O sistema imune: Ontogenia, histologia, anatomia, fisiologia, tráfego linfocitário. A resposta imune. Modulação da resposta imune, a resposta imune ao tumor. Transplante de medula óssea e Imunoterapia, O sistema neuro-imune-endócrino e o papel da enfermagem.

OBJETIVOS:

Fornecer noções básicas, mas atualizadas, do funcionamento do sistema imune discutindo seu papel preventivo na manutenção da saúde e sua capacidade de induzir doenças. Desenvolver o espírito crítico em ralação a informação. Discutir o papel do profissional de enfermagem buscando a motivação para aprofundar no estudo das diferentes disciplinas. Despertar o interesse sobre pesquisas na área Imunológica sendo realizadas na própria UFRJ.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

II. BIBLIOGRAFIA

1.     INSTITUTO NACIONAL DE CÂNCER (BRASIL); BARBOSA, Maria Bernadete Alves. Ações de enfermagem para o controle do câncer: uma proposta de integração ensino-serviço. INCA, 2008.

2.     ABBAS, Abul K.; LICHTMAN, Andrew HH; PILLAI, Shiv.Imunologia celular e molecular. Elsevier Brasil, 2015.